Rodovias têm 387 pontos com bloqueios no sexto dia de paralisação dos caminhoneiros

Em Brasília, o presidente Michel Temer e ministros participam de reunião para monitorar a greve

Por O Dia

Caminhoneiros paralisam a BR-040 , em Valparaíso de GO durante protesto contra o aumento de combustíveis
Caminhoneiros paralisam a BR-040 , em Valparaíso de GO durante protesto contra o aumento de combustíveis -

Brasil - Caminhoneiros continuam com mobilizações em rodovias de todo o Brasil neste sábado, no sexto dia de protestos. No balanço mais recente, 387 pontos permanecem bloqueados e 132 foram liberados, segundo o jornal Estado de São Paulo. Muitas manifestações seguem pelo acostamento das estradas. Na noite desta sexta-feira, o governo anunciou que havia 519 pontos interditados no país.

Em Brasília, o presidente Michel Temer e ministros participam de reunião para monitorar a greve. 

Nesta sexta-feira, Temer acionou as forças de segurança nacionais para desbloquear as rodovias.

O decreto, publicado no Diário Oficial da União, autoriza o emprego das Forças Armadas no contexto da Garantia da Lei e da Ordem (GLO) até o dia 4 de junho.

De acordo com a concessionária Nova Dutra, os caminhoneiros permanecem na rodovia Presidente Dutra nas regiões de Santa Isabel, São José dos Campos, Jacareí, Caçapava, Pindamonhangaba, Lorena, Barra Mansa e Piraí.

*Com informações do Estadão Conteúdo

 

Últimas de Brasil