FHC: Bolsonaro tem 'incontinência verbal' e 'rompantes autoritários'

Ex-presidente criticou postura de Bolsonaro sobre declarações recentes a respeito da morte de Fernando Santa Cruz, pai do presidente da OAB

Por ESTADÃO CONTEÚDO

Presidente da OAB, Felipe Santa Cruz
Presidente da OAB, Felipe Santa Cruz -
São Paulo - O ex-presidente da República Fernando Henrique Cardoso disse, em sua conta no Twitter, que o presidente Jair Bolsonaro (PSL) tem dado "vazão a rompantes autoritários" em suas declarações recentes a respeito da morte de Fernando Santa Cruz, pai do presidente da Organização dos Advogados do Brasil (OAB), Felipe Santa Cruz, durante a Ditadura Militar.

Para FHC, Bolsonaro tem "incontinência verbal", o que traz, na visão do tucano, prejuízos para o Brasil porque afeta a credibilidade do País.

"O presidente despreza os limites do bom senso por sua incontinência verbal. Contraria documentos oficiais sobre o pai do presidente da OAB e dá vazão a rompantes autoritários. Prejuízo para ele e para o Brasil: gostemos ou não, foi eleito. O que diz repercute e afeta a nossa credibilidade", tuitou o ex-presidente.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Galeria de Fotos

Presidente da OAB, Felipe Santa Cruz Paulo Guereta/Parceiro/Agência O Dia
Ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (FHC) Wilson Dias/Agência Brasil

Comentários