Para ajudar o planeta, Bolsonaro aconselha fazer cocô 'dia sim, dia não'

Sugestão aconteceu durante uma resposta sobre os efeitos do desenvolvimento da agropecuária para o meio ambiente

Por O Dia

Jair Bolsonaro
Jair Bolsonaro -
Brasília - O Presidente Jair Bolsonaro declarou, nesta sexta-feira, durante coletiva na saída do Palácio da Alvorada, em Brasília, que para reduzir a poluição ambiental é necessário evitar utilizar o banheiro todos os dias. Durante uma resposta sobre os efeitos do desenvolvimento da agropecuária para o meio ambiente no Brasil, ele sugeriu que um repórter "faça cocô dias sim, dia não".

Na pergunta, o jornalista questionou se é possível fazer o país crescer com a agropecuária e manter a preservação do meio ambiente. "É lógico que sim (é possível crescer com preservação). É só você deixar de comer menos um pouquinho. Quando se fala em poluição ambiental, é só você fazer cocô dia sim, dia não, que melhora bastante a nossa vida também, tá certo?", declarou o presidente.

Bolsonaro disse, ainda, que o mundo tem aproximadamente 7,6 bilhões de habitantes e fez referência a números que disse ter recebido do Ministério da Defesa, para dizer que o país ganha pouco mais de 2 milhões de habitantes por ano.

"O pessoal tem que comer. E como é que você tem que estimular o agronegócio? É a parte da economia que mais está dando certo no Brasil. Nós concorremos com Austrália, Estados Unidos, então temos que colaborar com esse setor", afirmou.

Por fim, o presidente questionou a propaganda negativa contra a ministra da Agricultura, Tereza Cristina, que liberou diversos agrotóxicos. "Produtos que vão fazer bem para o agronegócio, deixando para trás velhos outros tipo de combate a pragas no campo. Estamos evoluindo. Por que essa pressão agora? É a guerra comercial. Por que a pressão enorme sobre a Amazônia? Porque eles querem a Amazônia, pô. Ninguém chama uma menina de feia se ela não é bonita", completou.

Comentários