Homem finge ser pastor para seduzir e estuprar crianças

Suspeito de 22 anos usava evangelização como desculpa para cometer crimes

Por iG

Homem foi preso por suspeita de estupros contra crianças que ele evangelizaria no MS
Homem foi preso por suspeita de estupros contra crianças que ele evangelizaria no MS -
Mato Grosso do Sul - Um homem suspeito de se passar por pastor para estuprar menores de idade foi preso pela Polícia Civil de Mato Grosso do Sul na terça-feira. Elerson Carlos Mareco Wider, de 22 anos, foi encontrado por policiais na cidade de Chapadão do Sul, no interior do estado.

Segundo a polícia, o rapaz já tinha antecedentes por estupro de vulnerável, lesão corporal e atentado violento ao pudor. Há, ainda, a suspeita de que ele faça parte de uma rede de pedofilia . O primeiro estupro da vida do rapaz teria sido cometido por ele ainda aos treze anos de idade.

Entre as cidades nas quais o rapaz teria trabalhado como evangelizador e aproveitado para abusar dos menores de idade estão Três Lagoas, Campo Grande, Dourados e Chapadão do Sul. O número de crianças vitimadas ainda não foi divulgado. Elerson deve responder por estupro de vulnerável, crime com pena passível a até quinze anos de prisão.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários