Bolsonaro decide mudar superintendente da Polícia Federal no Rio de Janeiro

Segundo o Presidente, troca seria buscando mais produtividade

Por ESTADÃO CONTEÚDO

O presidente Jair Bolsonaro
O presidente Jair Bolsonaro -
Brasília - O presidente Jair Bolsonaro anunciou que vai substituir o superintendente da Polícia Federal no Rio de Janeiro, Ricardo Saadi. Em entrevista na saída do Palácio da Alvorada, o presidente justificou a decisão por "questões de produtividade" e um "sentimento" para evitar problemas.

A declaração foi dada enquanto Bolsonaro respondia a uma pergunta sobre modificações na Receita Federal. "Todos os ministérios são passíveis de mudança. Eu vou mudar, por exemplo, o superintendente da Polícia Federal no Rio de Janeiro. Motivo: é questão de produtividade", afirmou o presidente.

Ao ser perguntado se há problemas na superintendência, Bolsonaro respondeu que tem problemas "em todas as áreas" no Brasil. "Eu não quero esperar acontecer o problema para encontrar uma solução", declarou. "Nome (de substituto) eu ainda não tenho. Não vou entrar em detalhes. É sentimento. Eu tenho que aprofundar, eu tenho que resolver os problemas do Brasil todo."

O presidente afirmou ainda que, em relação a qualquer cargo na administração, "se tiver que mudar, a gente muda". "O único que levou facada e ralou quatro anos para chegar aqui fui eu. Ponto final. O povo confiou em mim o destino da nação. Eu tenho que decidir."

Receita

Bolsonaro assegurou que, no momento, o secretário da Receita Federal, Marcos Cintra, continua no cargo. "O Cintra, por enquanto, está muito bem", disse o presidente quando questionado se o secretário sairia da função.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários