Queiroz reclama ter sido 'abandonado'

Por

O policial aposentado Fabrício Queiroz, ex-assessor do senador Flavio Bolsonaro (PSL-RJ), fez queixas por ter sido abandonado pelo grupo que elegeu o presidente Bolsonaro no enfrentamento da investigação que o MP move contra ele e o senador. As reclamações foram gravadas em áudios de WhatsApp com interlocutor não identificado e enviados à Folha de S. Paulo por fonte que não quer ser identificada.

Queiroz está no centro de investigação contra Flavio por supostas práticas de lavagem de dinheiro, peculato e organização criminosa no gabinete do filho do presidente à época em que era deputado estadual.

O ex-assessor de Flavio Bolsonaro dá uma dimensão do problema. "É o que eu falo, o cara está hiperprotegido. Eu não vejo ninguém mover nada para tentar me ajudar. É só porrada. O MP está com uma p*** do tamanho de um cometa para enterrar na gente. Não vi ninguém agir", queixou-se.

Em outro trecho, revela ter planos para lapidar a "bagunça" no PSL no Rio.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários