'Argentina escolheu mal', diz Bolsonaro sobre novo presidente

Mesmo dizendo que não vai se indispor e pedindo 'tempo para ver qual é a real posição de Alberto Fernández na política', Bolsonaro disse que não vai parabenizar o mandatário

Por iG

Presidente Jair Bolsonaro
Presidente Jair Bolsonaro -

Após uma série de declarações e ameaças sobre as eleições da Argentina com a possível vitória da chapa Fernández e Kirchner, o presidente Jair Bolsonaro lamentou a vitória do candidato de esquerda no país vizinho na manhã desta segunda-feira (28).

Na saída do hotel em que está hospedado na Arábia Saudita, o presidente disse que, apesar de não ter “bola de cristal”, o povo da Argentina “escolheu mal”.

Mesmo dizendo que não vai se indispor e pedindo "tempo para ver qual é a real posição de Fernández na política", Bolsonaro disse que não vai parabenizar o novo presidente

Menos de uma semana após ameaçar isolar a Argentina no Mercosul caso Macri perdesse as eleições, o presidente garantiu que "continua tudo bem com o Mercosul". Em clima de morde e assopra, porém, ele também falou sobre as incertezas das eleições do Uruguai, que irão para segundo turno. 

Bolsonaro disse que, a depender do resultado, pode se juntar com o Uruguai e Paraguai para pedir a suspensão da Argentina. "A gente espera que isso não seja necessário", garantiu. Ele contou, também, que “ouviu falar que muita gente vai tirar dinheiro de lá”. 

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários