Estratégia de vacinação contra a Covid-19 depende do repasse de doses, diz Saúde - Geraldo Gonçalves/PMVR
Estratégia de vacinação contra a Covid-19 depende do repasse de doses, diz SaúdeGeraldo Gonçalves/PMVR
Por O Dia
Rio - O Ministério da Saúde afirmou que a estratégia de vacinação contra a Covid-19 depende do repasse de doses por parte dos laboratórios. De acordo com a coordenadora do Programa Nacional de Imunizações (PNI), Francieli Fontana, a pasta está sendo "cautelosa na divulgação dos cronogramas em função do risco de imprevistos na entrega das doses". Entretanto, Fontana garante que "há agilidade nos processos".
"Quando novas doses são entregues ao Ministério da Saúde pelos laboratórios, prontamente é organizado o sistema de distribuição aos estados, com as indicações de público-alvo conforme os cenários já planejados, considerando a indicação de uso apresentada pelo fabricante, o quantitativo de doses já entregues e os públicos prioritários definidos anteriormente", diz nota publicada pelo ministério. 
Publicidade
O comunicado foi publicado no site do ministério após diversos municípios brasileiros interromperem a imunização de idosos por falta de doses. 
No último domingo (21), o Ministério da Saúde resolveu solicitar de forma pública ao Palácio do Planalto um auxílio para a compra de novas vacinas contra a covid-19. Além disso, o órgão disse esperar uma resposta do Planalto entre amanhã (22) e sexta-feira (26) para saber como deve proceder para solucionar impasses nas negociações iniciadas em abril do ano passado com os dois laboratórios. De acordo com a Saúde, as transações estão "emperradas" por falta de flexibilidade das empresas.
Publicidade