Danny Scatena
Danny Scatenareprodução do instagram
Por O Dia
São Paulo - Danny Rodrigues, de 36 anos, morreu com sintomas da Covid-19, em São Paulo, no último domingo. A digital influencer e produtora sofreu sete paradas cardíacas. Ela foi sepultada na madrugada  desta segunda-feira, no Cemitério Santo Antônio, em Sorocaba. No entanto, a mãe dela, Edilene Scatena Rodrigues, de 53 anos, pretende transferir o corpo ao Cemitério da Saudade. As informações são do site G1. 
À publicação, Edilene contou que os sintomas do novo coronavírus começaram a se manifestar na filha há uma semana. Danny chegou a ser atendida na Unidade de Pronto Atendimento do Parque das Laranjeiras em Sorocaba, onde recebeu medicação e fez o teste de Covid-19. Na noite deste domingo, no entanto, Danny teve uma piora em seu quadro de saúde e retornou ao local. Lá, ela morreu após sofrer sete paradas cardíacas. 
Publicidade
O resultado do exame do novo coronavírus ainda não foi divulgado. "Na verdade, até agora não saiu o resultado [do exame]. Ela foi enterrada como [se estivesse com] Covid-19. No atestado de óbito, colocaram insuficiência cardíaca, pressão alta e diabetes, que ele não sabia que tinha", contou Edilene ao G1. Na entrevista, ela ainda desabafou: "Não sei onde ela (Danny) pegou. Neste ano, fazia um mês que ela estava voltando ao trabalho. Essa doença matou meu filho em quatro dias".