Marcelo Queiroga na CPI Divulgação/Senado Federal

Brasília - Um grupo formado por 14 senadores da CPI da Covid apresentou um requerimento pedindo nova convocação do ministro da Saúde, Marcelo Queiroga. Os congressistas cobram explicação sobre a quantidade de doses adquiridas para vacinação infantil e medidas para conter o avanço da variante Ômicron.
Em documento protocolocado nesta quinta-feira (6), o grupo também questinou o apagão dos dados do Ministério da Saúde após ataque hacker. 
"[...] o Brasil ainda convive com um apagão de dados oficiais sobre a Covid-19, que, somado à baixa testagem para a doença no país, leva a um quadro em que não se sabe número exatos sobre a evolução de casos, internações, mortes e vacinação, inviabilizando o trabalho da comunidade científica em obter um retrato fiel da pandemia e tornando impossível que políticas públicas efetivas sejam implementadas", diz trecho. 
O documento foi assinado pelos senadores Randolfe Rodrigues (Rede-AP), Zenaide Maia (Pros-RN), Paulo Rocha (PT-PA), Omar Aziz (PSD-AM), Renan Calheiros (MDB-AL), Fabiano Contarato (PT-ES), Simone Tebet (MDB-MS), Eliziane Gama (Cidadania-MA), Rogério Carvalho (PT-SE), Jorge Kajuru (Podemos-GO), Humberto Costa (PT-PE), Alessandro Vieira (Cidadania-SE), Eduardo Braga (MDB-AM) e Otto Alencar (PSD-BA).