Mais Lidas

'A Fazenda': Phellipe Haagensen é investigado após crime sexual

Mãe de Hariany diz que não conseguiu dormir até ator ser expulso do programa

Por Juliana Pimenta

Assédio: Phellipe beija Hariany sem consentimento na 'Fazenda'
Assédio: Phellipe beija Hariany sem consentimento na 'Fazenda' -

Rio - Enquanto ela dormia, eu fiquei acordada, mesmo impossibilitada de agir. Foi o que disse Maria Cristina, mãe de Hariany Almeida, assediada por Phellipe Haagensen durante a madrugada do último sábado, no reality show 'A Fazenda', da Record TV.

Até o rapaz ser expulso do programa, o que aconteceu no último domingo, Maria Cristina disse que temeu pela filha. "Acompanhamos muito apreensivos. Tive medo de que ele pudesse fazer ainda mais mal para ela e a produção e os outros participantes não tivessem tempo de impedir. Fiquei muito angustiada esses dias", revela.

Denúncia

Apesar da mãe da modelo dizer que vai esperar a filha sair do programa para decidir se levará o caso à Polícia, milhares de fãs se mobilizaram pelas redes sociais para denunciar o ator pelo crime contra dignidade sexual. A Delegacia de Itapecerica da Serra, em São Paulo, confirmou que está investigando "todas as circunstâncias relativas aos fatos por meio de inquérito policial".

Apesar da corroborar a existência da investigação, a delegacia não revelou os detalhes do processo que foi instaurado para a preservação da vítima.

Defesa

Em contrapartida, a equipe de Phellipe emitiu uma nota em defesa do ator, alegando que a atitude fazia parte da estratégia do rapaz no programa. "O jogo do Phellipe é de desestabilizar as pessoas e acreditamos que a intensidade da pressão pré e pós confinamento está mexendo no emocional dele e de muitos ali. Roubar um selinho de alguém no calor de uma confusão poderia ocasionar uma reação da mesma em agredi-lo e causar uma expulsão dela", disseram.

Ainda no comunicado, os representante do ator pediram para que os telespectadores não o condenassem. "Não sabemos o jogo do Phellipe, já que desde do começo escutamos ele falar de várias estratégias. Nosso peão é muito mais que isso (…). Por favor, parem de atacar os familiares do Phellipe, inclusive os filhos".

Reincidente

Mas, infelizmente, essa não foi a primeira vez que o ator adotou uma postura extrema em uma discussão. Em abril, a colunista do DIA, Fábia Oliveira, descobriu que Monique Lage, ex-mulher de Phellipe Haagensen, registrou uma queixa contra o ator na Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (DEAM) no Rio.

No boletim de ocorrência, ela conta que foi agredida verbalmente e ameaçada de morte ao ir até a casa dele, no Vidigal, cobrar a pensão do filho do casal, de 14 anos. A discussão que culminou na ameaça foi presenciada pelo adolescente.

Indiretas

O ator Jonathan Haagensen, irmão de Phellipe, fez uma série de postagens nos seus 'stories' do Instagram, que foram percebidos pelo público como indiretas ao comportamento do caçula. Nas publicações, o ator compartilhou tweets que falavam sobre masculinidade tóxica e a ideia de que homens reproduzem comportamentos opressores para se reafirmarem.

BBB

Além de modelo, Hariany participou da última edição do 'Big Brother Brasil', na Globo. No programa, ela acabou sendo desclassificada por ter empurrado uma amiga durante uma discussão. Maria Cristina diz que não há relação entre o crime praticado por Phellipe e a briga entre as amigas no ano passado.

"São momentos distintos. No BBB, ela se excedeu e violou as regras, pagou por isso, mas diante de uma pessoa que ela considera até hoje como amiga. Na 'Fazenda', ela foi a vítima infelizmente e estava em seu direito de denunciar. Nenhuma mulher pode ficar calada em uma situação como aquela e por isso fico muito orgulhosa dela", conta.

 

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários