Lucy Alves fala sobre papel em 'Amor de Mãe'

Atriz divide personagem com Regina Casé na próxima novela das 9. "É uma história que as pessoas precisam ver e ouvir", diz

Por Gabriel Sobreira

Regina Casé e Lucy Alves
Regina Casé e Lucy Alves -

Natural de João Pessoa (PB), Lucy Alves, 33 anos, recorre ao forte traço matriarcal na família e às raízes nordestinas para dar o tom necessário de Lurdes, uma das protagonistas de 'Amor de Mãe', novela das 21h, que estreia dia 25, na Globo. Na segunda fase, o papel é de Regina Casé.

"A Lurdes tem uma preocupação com os filhos que a Luzia (de 'Velho Chico', 2016) não tinha, era uma mãe que não tinha essa dedicação, essa energia com os filhos que a Lurdes tem", diferencia a atriz, que diz ter uma relação muito próxima com a mãe dela, dona Maria José. "Sempre fomos confidentes. Ela mora em João Pessoa, mas todos os dias a gente se fala pelo telefone ou faz uma chama de vídeo", derrete-se.

FILHO VENDIDO

Em 'Amor de Mãe', Lurdes (Lucy Alves/Regina Casé) é daquele tipo de mulher que não se deixa abalar por nada, que sempre tem o pensamento positivo e que acredita que o melhor está por vir. Muito apegada à fé, ela sempre recupera as energias em suas crenças. "Mulher forte inabalável, uma mãe brasileira. Ela representa as mulheres de muita fibra, garra, guerreiras", reforça Lucy.

Na trama de Manuela Dias, a morena é de Malaquitas, cidade fictícia no Rio Grande do Norte. Deu à luz a quatro filhos: Magno (João Guilherme Fonseca/Juliano Cazarré), Ryan (Pietro Buonnafina/Thiago Martins), Domênico (Eros Lazari quando criança) e Érica (Nanda Costa). Há 26 anos, enquanto Lurdes estava na maternidade em trabalho de parto de Érica, Jandir (Daniel Ribeiro), seu marido e pai das crianças, vendeu Domênico aos 2 anos para uma traficante de crianças do Rio de Janeiro.

CENAS DE EMOÇÃO

Assim que descobre o que aconteceu com o filho, a mulher sai da cidade e parte rumo ao Rio. No caminho, encontra uma criança recém-nascida abandonada na estrada. É assim que Camila (Jéssica Ellen) entrou para a família. Na Cidade Maravilhosa, Lurdes cria os filhos, mas não desiste de encontrar Domênico.

"Ela vem de condições diria até miseráveis, sempre mantendo dignidade. Ela é capaz de matar e morrer por suas crias. Os filhos, para ela, são tudo, e ela dá tudo que tem e que não tem para criar esses filhos", explica a atriz.

REGINA CASÉ

Lucy e Regina Casé se encontraram duas vezes nos bastidores das gravações. Segundo a paraibana, rolou uma sinergia logo de cara, elas se escutaram e leram o texto juntas.

"Foi engraçado que eu gravei, e as pessoas falaram: 'Lucy, você está parecendo a Regina, falando como ela'. Mas também foi toda a energia criada, todo trabalho que fizeram foi muito cuidadoso. Estou muito feliz e orgulhosa de poder contar essa história. A Regina vai seguir magistralmente dando vida a Lurdes. Foi curto, mas foi muito intenso e de muito aprendizado. É uma história que as pessoas precisam ver e ouvir", diz a atriz.

 

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Galeria de Fotos

Regina Casé e Lucy Alves Reprodução
Lucy Alves Denise Ricardo/Divulgação
Lucy Alves com a mãe, dona Maria José Reprodução

Comentários