Famosos apoiam Cacau Protásio após atriz ser vítima de racismo

Atriz gravava cenas do filme 'Juntos e Enrolados' quando foi alvo de ofensas racistas e gordofóbicas

Por O Dia

Atriz interpreta uma bombeira no filme 'Juntos e Enrolados'
Atriz interpreta uma bombeira no filme 'Juntos e Enrolados' -
Rio - Vários famosos usaram suas redes sociais para prestar apoio à atriz Cacau Protásio, que foi vítima de racismo durante a gravação do filme "Juntos e Enrolados" no Quartel Central do Corpo de Bombeiros. Enquanto gravava suas cenas usando o uniforme da corporação, alguns bombeiros criticavam e ofendiam a atriz. Os áudios caíram na internet e causaram revolta. 
Veja o que os famosos disseram:
Anitta: "Ô, minha amiga, fica triste por causa de um bando de ignorante não. Você é tão inteligente e tão talentosa. Tão do bem. Vá atrás de seus direitos mas não fique triste porque eles não merecem. Te amo muitão".
MC Rebecca: Um absurdo o que a Cacau Protásio passou! Parece que a gente nunca vai conseguir parar de falar de racismo e preconceito. Chegaaaaa!"
Marcos Pasquim: "Cacau protásio é uma talentosa atriz com quase 20 anos de carreira. Mulher, negra, guerreira e que merece nosso respeito. Não há hipótese em que episódios de racismo possam ser tolerados. Racismo é crime, e pronto. A você, Cacau, toda a minha solidariedade".
Gaby Amarantos: "O racismo e a gordofobia sofridas pela Cacau Protásio mostram o quanto essas questões precisam ser erradicadas. A gente não aguenta mais essa. Passar por isso dói, transtorna e causa traumas desesperadores"
Ex-BBB Rodrigo França: "O que a atriz Cacau Protásui denuncia passamos a cada instante nesse país. Agora os racistas sentem legitimidade para externar seus crimes. Mas não vamos nos calar".
Luis Lobianco: "Há 5 anos tenho a sorte de ser o par da @cacauprotasiooficial. Teresinha e Reginel vivem uma paixão ardente e platônica no Méier, mas na vida real o amor foi possível à primeira vista. Respeito, colaboração, alegria e verdade. Amor de amigo, sabe? A maior riqueza de uma vida. Cacau é uma mulher honesta, responsável, inteligente, empreendedora, comprometida com trabalhos sociais, fashion, linda, engraçada, sensível, talentosa, uma deusa, uma louca, uma feiticeira.... Ela é um Sol! Em cena eu sou espectador dela. Me recolho todinho e trabalho pra ela brilhar. Não que ela precise disso, brilha de qualquer jeito. Mas me faz bem ser reverente ao espaço que ela conquistou na marra e no talento. Preciso nem dizer, né? Quem assiste me vê babando e quicando de rir. Eu poderia gastar mil linhas aqui falando sobre a covardia dos racistas, misóginos, gordofóbicos e homofóbicos, mas tenho fé que esse episódio vai ter consequências. Racismo é crime na Constituição Brasileira, e o Corpo de Bombeiros é uma instituição que sempre colocou humanidade em primeiro lugar, não combina. Estou lendo tantos comentários de apoio e isso dá a dimensão do quanto essa mulher é amada! Nunca duvide, meu amor! É como diz a música de Ednardo 'Eles são muitos mas não podem voar'"
Emanuelle Araújo: "Vocês não sabem o orgulho que estou sentindo de estar ao lado desses dois deliciosos atores no novo filme que estamos rodando. Sinto muito Cacau, por existirem energias tão distantes da sua luz, potência, talento e beleza. Como é um deleite estar contigo em um set!! Sempre fui e sou sua fã. Com admiração e amor. Manu . Racismo é CRIME!!!!!!"
Zélia Duncan: "@cacauprotasiooficial, a primeira vez que te observei, foi na novela Avenida Brasil. Você cantarolava, andando pela casa e eu só queria olhar pra você. De lá pra cá te procuro na TV e sempre me surpreendo e dou risada com seu talento! O resto é resto desses dias vazios de consistência e amor. O resto é o Brasil se arrastando, afundado em racismo e boçalidade. Você é vitória da mulher negra e isso eles não perdoam, os racistas ressentidos, misóginos, cansativos e desinteressantes. Vou seguir te procurando nas telinhas e telonas, seu talento nos consola!"
Érico Brás: "Hoje eu cheguei ao meu trabalho com um negócio me incomodado que eu não conseguia identificar e só depois fui descobrir o que era. No início da tarde vi a Cacau Protásio falando sobre essa doença filosófica bem sucedida no mundo, mas que no Brasil tem sua versão mais perversa: O RACISMO. Aqui se o tal vem acompanhado de gordofobia, misoginia, homofobia é uma dose triplamente qualificada da vontade de matar que está no DNA do brasileiro mau elemento. Ele se alastra como um vírus incurável que baixa a imunidade da gente por horas, dias, meses...às vezes a vida toda. E não adianta dizer para eles que isso é crime. Não adianta. Crime hoje é mais banal que banana. Cacau, estou muito com você. Você é maravilhosa na vida das pessoas e o seu coração é maior que esse estado de maldades que nos ocorre a toda hora". 
Marcelo Médici: "Você nasceu para trazer alegria, nasceu para brilhar, transmitir coisas boas e salvar vidas, de várias maneiras! Te admiro muito como atriz e te respeito como mulher @cacauprotasio! Se apegue ao carinho do público que te adora, eles são muitos! Aquilo é badalhoca"
Roberta Rodrigues: "Eu te amo! Você é maravilhosa! Musa inspiradora! Mulher fodarástica!
Me representa e representa o Brasil!"
 

Galeria de Fotos

Atriz interpreta uma bombeira no filme 'Juntos e Enrolados' Reprodução / Instagram
Atriz interpreta uma bombeira no filme 'Juntos e Enrolados' Reprodução / Instagram
Cacau Protásio Reprodução de internet

Comentários