Apresentador do 'Sem Censura', Bruno Barros acumula outros dois programas na TV Brasil

Rapaz de 28 é considerado um galã da TV nas redes sociais

Por Juliana Pimenta

Bruno Barros
Bruno Barros -

Rio - "Zero glamour e muito trabalho". É assim que Bruno Barros define sua rotina à frente do 'Sem Censura', da TV Brasil. Mas o jovem, de apenas 28 anos, comemora o desafio. "Eu sou apaixonado pelo que eu faço. Fico tão à vontade que às vezes esqueço que estou ao vivo na TV", brinca ao falar da atmosfera especial do programa.

"Os convidados, mesmo os que estão acostumados com entrevistas na TV, saem falando que a experiência de participar do 'Sem Censura' é diferente. Acho que o nosso diferencial é o jeito descontraído e a mistura dos assuntos", conta Bruno ao revelar que a relação com o programa nem sempre foi muito boa.

"Eu lembro que quando era criança adorava o 'Castelo Rá-Tim-Bum, na TVE, e odiava quando ouvia a vinheta do 'Sem Censura' entrar no ar porque aquilo significava o final da programação infantil. Olha onde eu estou trabalhando hoje!", brinca o apresentador.

Carreira

Apesar da formação de ator, Bruno chegou até a fazer três períodos de jornalismo. "Eu entrei na TV Brasil como produtor e as oportunidades foram surgindo. Eu tenho o hábito de nunca falar 'não' para o destino. Usando uma palavra da moda, acho que eu encontrei o meu propósito: levar informação e entretenimento para as pessoas. Sou um privilegiado", comemora o apresentador, que contou com parcerias especiais para ficar mais à vontade na TV.

"A Vera Barroso é uma grande professora que tenho na profissão. Aprendo com ela todos os dias. Ela tem 71 anos e uma dedicação incrível. E, quando eu era produtor na época em que a Leda Nagle apresentava, ela falou que o segredo era esquecer a câmera e falar como se fosse com a pessoa que você mais ama na vida. Achei lindo e acho que hoje consigo entender", destaca Bruno.

Outros trabalhos

Além do 'Sem Censura', Bruno também apresentará o 'Fique ligado', a partir de hoje, às 17h30. "Com a grade nova de verão da TV Brasil, o programa muda de horário e agora terá apresentadores em Brasília, São Paulo e eu aqui no Rio de Janeiro. Será interessante essa mistura de sotaques", adianta o apresentador que, no próximo sábado, estreia outro programa, o "Atos", que terá Cauã Reymond como primeiro convidado.

"A proposta do 'Atos' é investigar o mundo das artes cênicas. Eu faço a apresentação acompanhado por quatro jovens alunos-atores, que também fazem perguntas e interpretam uma cena marcante da carreira do artista que a gente está entrevistando. No final, o artista comenta o que achou da interpretação dos alunos-atores", revela.

Tempo livre

Apesar de ser viciado em trabalho, Bruno consegue tirar os fins de semana para relaxar. "Sou festeiro e tenho amigos que não me deixam ficar em casa descansando. Mas quando fico em casa, aproveito para pôr as séries em dia e assistir aos programas que eu gosto e não tenho tempo para assistir durante a semana", revela o apresentador que se diz viciado no programa 'Que história é essa, Porchat', do GNT. "O Fábio Porchat é genial e teve uma ótima sacada", completa.

 

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários