Castrinho vive o terror das velhinhas e novinhas

Ator volta às novelas como um paquerador incorrigível. "Para ele já vale a partir de 18 anos", diz

Por Gabriel Sobreira

Bento (Castrinho) em 'Amor Sem Igual'
Bento (Castrinho) em 'Amor Sem Igual' -

Ele um paquerador incorrigível, do tipo que abre a porta do carro, leva flores, beija a mão da dama e dá sempre uma empostada na voz para causar aquele frisson. Assim é Bento (Castrinho) em 'Amor Sem Igual', novela que estreia amanhã, às 20h30, na Record TV.

"Sempre fui romântico. Até hoje abro a porta. Tenho um casamento de 26 anos (ele é casado com Andréa Guimarães Castrinho). Só a trato de 'meu amor' e procuro atendê-la em tudo. Acho que tem que ter esse romance. Isso não pode acabar. As pessoas novas nunca souberam, e as antigas estão esquecendo", avalia Geraldo Freire de Castro Filho, o Castrinho, aos 79 anos.

PROIBIDO PARA MENORES

O intérprete conta que o personagem é um viúvo ("De certa maneira", despista Castrinho, sem dar detalhes), que resolveu entrar para uma casa para a terceira idade. "Ele é esse cara que está em uma casa de repouso cantando as velhas, que não são nem tão velhas. Para ele já vale a partir de 18 anos. A cabeça dele funciona, mas o corpo não acompanha (risos). Então ele tem que pegar o corpo mais ou menos cansado", diverte-se o ator

Segundo Castrinho, as cantadas resultam em reações variadas. "Têm algumas que reagem de uma maneira mais rude com ele, mas Bento não está nem aí", afirma. Mas o aposentado não está só quando o assunto é paquera, já que tem um rival à altura no quesito galanteio: Geovani (Paulo Figueiredo). "Eles vivem em uma eterna disputa e concorrência. Os dois confessam que só fazem isso (rivalidade) porque não têm mais nada para fazer (risos). É uma implicância gostosa", destaca com humor.

PIADA

Castrinho interrompe o bate-papo para contar uma piada. "O velho pegou uma menina de 21 anos. Aí levou para o motel. Quando chegou lá, ele disse: 'menina, vamos conversar um pouco?'. Ela: 'pois não'. O velho continuou: 'A sua mãe não te falou nada, não te ensinou nada quando você viesse para um motel com um homem?'. Ela respondeu: 'Não'. Ele: 'Então vai ser difícil, porque eu já esqueci tudo'", cai na gargalhada o humorista.

BALANÇO

Com 61 anos de carreira, Castrinho diz que TV é um recreio para ele. "Me sinto orgulhoso de ter feito uma carreira, que não foi das que explodiram, mas nunca estive fora da média, apresentei o (programa infantil) 'Balão Mágico' (1983-1986, na Globo), trabalhei muitos anos com o Chico (Anysio, morto em 2012)", recorda saudoso.

"Me orgulho da minha carreira. Saio na rua e o pessoal me cumprimenta. Ontem tive umas três mulheres que me viram e abraçaram. Essas coisas que acontecem que me deixam vaidoso no bom sentido, orgulhoso. Não me arrependo de nada", frisa.

 

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Galeria de Fotos

Bento (Castrinho) em 'Amor Sem Igual' Blad Meneghel/ Record TV
Castrinho está em 'Amor Sem Igual'. No detalhe, com Paulo Figueiredo Reproduçao

Comentários