Rafting é um dos principais atrativos de Três Rios

Turistas se aventuram nas corredeiras do Rio Paraibuna, considerado um dos melhores do país para a prática

Por O Dia

Rafting também pode ser realizado em família. Não é preciso experiência
Rafting também pode ser realizado em família. Não é preciso experiência -
Considerado um dos melhores rios do país para a prática do rafting e da canoagem, o Rio Paraíbuna é um dos maiores atrativos turísticos da cidade de Três Rios. O grande volume de água e a não dependência das chuvas permitem que a aventura seja encarada durante o ano inteiro. Um verdadeiro convite aos visitantes.

São mais de 20 corredeiras divididas entre lindas paisagens e histórias riquíssimas. O passeio leva em média 3 horas, tempo necessário para percorrer 20 km rio abaixo, passando pelo antigo Caminho do Ouro
Imperial. A descida a bordo do bote custa, em média, R$ 150 por pessoa.
O valor inclui benefícios como fotos, guias experientes, equipamentos de segurança, um salto da ponte Santa Fé e até um certificado de coragem e bravura. Além de jovens e adultos, crianças a partir de cinco anos também podem participar.
Aventura e gastronomia
Na Aventur, além do serviço especializado, o público conta com um restaurante que oferece um ótimo cardápio. Antes da aventura é servido o café da manhã (R$ 20) e após a descida pelas corredeiras é servido o almoço (a partir de R$ 30).
A reserva para o passeio deve ser feita com uma semana de antecedência. Já o limite para o pagamento é de quatro dias antes da atividade. “O passeio é realizado diariamente desde que seja agendado. Também há passeios noturnos. O legal é que não é necessário experiência no esporte”, explica Felipe Médici, proprietário da Aventur.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários