Mais Lidas

Emilly é a campeã do 'BBB 17'

Com 58 % dos votos, gaúcha se torna a grande vencedora do reality

Por rodrigo.sampaio

Rio - A gaúcha Emilly é a campeã do Big Brother Brasil 17. A estudante de 20 anos venceu com 58 % dos votos, superando Vivian e Ieda, que ficaram em segudo e terceiro lugar, respectivamente. 

Emilly se sagrou campeã do BBB 17Reprodução

Trajetória na casa

Emilly entrou na casa do BBB ao lado de sua irmã gêmea, Mayla, e dos irmãos gêmos Antônio e Manoel. Os quatro entraram antes dos outros participantes e disputaram a preferência do público por duas vagas no reality, que acabaram ficando com Emilly e Manoel. 

Logo na primeira metade do programa, Emilly se desentendeu com Roberta, até então sua melhor amiga na casa. A sister não aprovava o relacionamento da gaúcha com Marcos e rompeu totais relações com a estudante, chegando a votar na grande campeã para ser eliminada do programa. Outros desafetos da gaúcha no 'BBB 17' foram Pedro, Rômulo e Marinalva, que por diversas vezes destacaram as atitudes da estudante como "infantis" e "egoísta". 

Não foi apenas com seus rivais que a vencedora desta edição do reality se desentendeu. Durante a reta final do programa, Emilly se desentendeu com Ilmar, um de seus maiores aliados na casa, culminando na implosão do trio completado por Marcos. Em uma das discussões dos brothers, o advogado chamou a gaúcha de "verme", despertando a ira dos fãs da jovem. 

Mas o ponto alto da grande campeã foi seu relacionamento com o cirurgião plástico Marcos Harter. O casal protagonizou cenas quentes embaixo dos edredons, levando o público a loucura. Os ciúmes da moça com o gaúcho por causa da segunda colocada, Vivian, divertiram os fãs do reality. 

O clima entre os dois piorou na última semana durante uma das incontáveis brigas do casal. Descontrolado, Marcos encurralou Emilly na cozinha e colocou o dedo em seu rosoto enquanto gritava com a gaúcha. O cirurgião foi acusado de agressão e expulso do reality. Ao ser comunicada da decisão da produção em eliminar o companheiro, Emilly se emocionou muito, sendo amparada por Ieda e Vivian, suas adversárias durante quase todo o programa. O caso gerou comoção nacional e abriu discussão sobre a violência contra a mulher. 

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia