Thelma, campeã do 'BBB 20', participa do 'Encontro': 'Agora que está começando a cair a ficha'

Médica conversou com Fátima Bernardes na manhã desta terça-feira

Por O Dia

Thelma no 'Encontro'
Thelma no 'Encontro' -
Rio - Campeã do "BBB 20", Thelma participou do "Encontro com Fátima Bernardes" na manhã desta terça-feira. A médica, que levou a melhor na disputa com Rafa Kalimann e Manu Gavassi, disse que ainda não "caiu a ficha" de que se tornou milionária. 
"Agora que está começando a cair a ficha. Foi muito emocionante. A gente estava em estado de choque, não saía nem lágrima. É uma sensação, uma coisa tão forte, que você tem vontade de gritar. Foi a maior emoção da minha vida", afirmou. 
Na conversa, Thelma contou os motivos que a levaram a se inscrever no "BBB". "Sou uma médica aparecida, tanto que me envolvo com artes. Sou bailarina, gosto de Carnaval, sou sambista na Mocidade Alegre. Sempre tive essa vontade e curiosidade de participar do jogo. Falei: 'vou fazer meu investimento de risco esse ano'", disse. 
"Dei uma pausa no trabalho. Falei para os meus chefes que ia mudar de cidade. Inclusive, pedi desculpas depois, porque não pode falar. O processo é todo sigiloso. Passei como inscrita e falei: 'chegou a minha hora de mostrar minha história para o Brasil'", completou.
Uma das grandes felicidades de Thelma durante o reality show foi ter vencido uma prova de resistência. Ela explicou porque ficou chateada com Mari Gonzalez ao final da prova. "A percepção foi totalmente diferente. Na prova deu para perceber que eu disse para ela que cada uma tinha que chegar no seu limite, porque a liderança naquele momento era uma coisa que eu não queria compartilhar com ela. Os meus objetivos como Líder eram totalmente diferentes", garantiu Thelma, que também falou sobre sua relação de amizade com Manu e Rafa. 
"A nossa relação do meio para o final ficou muito forte mesmo. Elas têm uma visão, uma sensatez... a gente se conectou de verdade. Elas falaram: 'não estamos gostando do tom de como está sendo visto o fim dessa prova'. Então, eu fui tirar satisfação. Não é questão de soberba. Você fica 26 horas em pé e está disposta a ficar mais horas quantas forem necessárias para vencer a prova", disse.
Comunidade hippie
Sobre a comunidade hippie, Thelma disse que se decepcionou. "Eu imaginava ser de um grupo e depois jogaram um balde de água fria e disseram 'não, você não é'. Eu ainda insisti um pouco porque sou muito leal as minhas amizades, mas aí chegaram a Rafa e a Manuzinha... Eu me encontrei em Rafa Kalimann e Manu Gavassi, fadas sensatas".
Planta
Chamada de "planta" por alguns participantes, Thelma disse que tentou ser mais observadora no jogo. "Na minha entrevista, eu falei que ia observar. Mas na hora que eu entrasse para me posicionar, eu não ia ter medo de me comprometer. Queria observar, queria saber quem era o manipulador do jogo, quem era o estrategista. [...] Fui buscando me identificar com as pessoas que eu queria seguir no jogo. É vista como planta no começo do jogo... não, é uma estratégia".
Briga com Flay
Um dos grandes conflitos que teve com no programa foi com Flayslane. A médica contou que se arrependeu do tom usado na discussão com a cantora. "As nossas sensações são muito intensas. Para você perder a mão é muito fácil. O tom teria sido diferente, mas o que eu queria falar para ela naquele momento era exatamente isso. Nada contra a pessoa dela aqui fora".
Superação
Thelma contou que nunca quis parecer nem soberba e nem vitimista no programa. Sua intenção era passar uma imagem de superação. "Sempre quis passar mensagem de superação. A vida não é fácil para ninguém. Mas quando você é mulher, preta, vem de uma classe social desfavorecida, as coisas se tornam mais difíceis. Nunca deixei nenhum empecilho dominar os meus sonhos. Se eu incentivasse uma pessoa que fosse, já estaria muito satisfeita. Ter tomado essa proporção... estou em estado de choque".

Comentários