Gabriela fala sobre preconceito e racismo no 'BBB 19': 'Não vou mais ficar quieta'

Participante do reality show falou sobre o assunto na noite desta segunda-feira

Por O Dia

Gabriela diz para colegas de confinamento que se sentiu oprimida e que não vai mais se calar
Gabriela diz para colegas de confinamento que se sentiu oprimida e que não vai mais se calar -

Rio - Gabriela aproveitou que todos os participantes do "BBB 19" estavam reunidos na área externa, na noite desta segunda-feira, para contar que estava se sentindo oprimida dentro do reality show. Ela disse que já escutou discursos racistas na casa e que não vai se manter calada caso aconteça novamente. 

"Me senti encurralada em frases um tanto racistas. Falta de informação, talvez. Mas não vou ficar mais quieta. Sei que meus amigos estão lá apanhando por andar de mão dada com a namorada, já bateram na minha namorada, amigo meu com navalha embaixo da língua para não morrer na rua. Tem informação aí, é só pegar e estudar. Não estou jogando indireta para ninguém. As pessoas não buscam informação, mas esse ano o bicho está pegando e não dá mais para isso acontecer", disse Gabriela. 

Maycon aproveitou para pedir desculpas para a amiga caso tenha feito algo que a ofendeu. Ela disse que o discurso não foi para Maycon e que não está brava com ninguém. Danrley também se pronunciou sobre o assunto. "Certos temas estão em pauta e são importantes para muita gente. A gente não tem dever de militar, mas no mínimo você não pode prejudicar movimentos como esse", afirmou. 

 

Comentários