Ex-bailarina do Faustão mantém processo contra a Globo

Rachel Gutvillen perdeu em primeira instância, mas irá recorrer na Justiça. Dançarina afirma ter sido xingada e chamada de gorda pelo coreógrafo Sylvio Lemgruber

Por daniela.lima

Rio - Rachel Gutvillen, que entrou com uma ação trabalhista contra a Globo na Justiça, perdeu a primeira etapa do processo, mas segundo sua advogada, Maria Fernanda Rocha, a bailarina irá recorrer. 

Rachel Gutvillen na época em que estava no 'Domingão do Faustão'Reprodução


Em novembro de 2014, o colunista Leo Dias noticiou com exclusividade que Rachel, que trabalhou como bailarina do ‘Domingão do Faustão’ durante três anos, entrou com uma ação na Justiça contra a Globo após ser demitida em 2013.

Na ocasião, a dançarina acusou o coreógrafo Sylvio Lemgruber e a mulher dele, Bianca Teles, de assédio moral. Bianca trabalha na atração como assistente do marido. Em entrevista ao colunista na ocaisão, Rachel relatou alguns dos constrangimentos por que passou durante o tempo que esteve na atração.

“Eles faziam várias grosserias e xingavam também. Isso aconteceu não só comigo, mas com outras bailarinas. Em algumas ocasiões, Sylvio me chamava de gorda, de feia, dizia que eu estava com muita celulite e não sabia dançar. Ele falava isso na frente de todo mundo”, comenta. No processo, de número 0010-554.50.2014.5.01.0066, Rachel diz que, em um determinado programa, ela fez a propaganda de um xampu em que utilizou as mãos para expor o produto. Bianca teria acusado Rachel, na frente de mais de 30 pessoas, de estar com micose nas mãos, fato que Rachel nega: “Tem bailarina que até hoje faz tratamento psiquiátrico por causa disso. Quero ser exemplo para outras bailarinas.”

Procurada, a TV Globo informou apenas que não fala sobre ações na Justiça.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia