Gracyanne e Belo negam dívidas com decoradora e estudam abrir processo

Casal esclareceu, em um comunicado divulgado pela assessoria de imprensa, supostas pendências com a Justiça

Por roberta.campos

Rio - Gracyanne Barbosa e Belo negaram, nesta quarta-feira, qualquer dívida ou ida de bens à leilão. O casal teria uma dívida feita em 2010 com uma loja de decoração referente a uma reforma no apartamento em que vivem. Os dois teriam bens materiais leiloados para o pagamento da dívida.

Gracyanne Barbosa e BeloReprodução Internet

Por meio da assessoria de imprensa, Gracyanne e Belo negaram qualquer dívida ou pendência. "O casal desconhece qualquer dívida de fornecedor que tenha atendido ao projeto inicial de decoração de sua atual residência. Tendo em vista que houve um distrato comercial com a decoradora responsável pelo projeto executado em 2010, o qual foi totalmente quitado por acordo conduzido pelos advogados das partes envolvidas em 2012", afirma a nota.

A assessoria diz ainda que eles já fizeram todos os pagamentos referentes à reforma. "[Gracyanne e Belo] Também deixam claro que todos os pagamentos foram feitos diretamente a decoradora responsável e nunca a nenhum fornecedor ou prestador de serviço".

Belo e Gracyanne ainda estudam abrir processo contra a decoradora e a empresa. "O casal já entrou em contato com seu jurídico que estuda as providências jurídicas cabíveis de processo civil e criminal por falso testemunho", conclui o comunicado.

A assessoria do casal afirmou também que os bens que seriam leiloados seguem na casa de Belo e Gracyanne. "O lustre e a mesa nunca sairam da casa deles", falou a assessora.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia