Fotos íntimas de Stênio Garcia e de sua mulher vazam na Internet

'Não tenho motivo para ter vergonha', disse o ator

Por bianca.lobianco

Rio - O ator Stênio Garcia, de 83 anos, e a esposa, Marilene Saade, de 47 anos, tiveram fotos nus vazadas na Internet. As imagens começarama circular na web na madrugada desta quarta-feira e o nome do ator foi parar nos Trending Topics do Twitter. Nas imagens, fotografadas pela própria mulher, Stenio e Marilene aparecem fazendo pose de frente para o espelho. 

"A gente brinca mesmo como todo casal saudável e não tenho problemas com isso. Estava com a minha mulher e não com a mulher de outra pessoa. Que problema tem isso? Não tenho motivo para ter vergonha", enfatizou o ator em entrevista à "Quem".

Stênio Garcia com a esposaAg. News

Ele também explicou que não tem celular há três anos e que brinca constantemente com a mulher. "Já fiquei nu várias vezes na TV e no teatro. O problema é que agora invadiram minha privacidade. Isso é terrível! Espero que ela não tenho feito nenhum outro registro íntimo", disse Garcia se referindo às fotos clicadas pela esposa.

Marilene Saade deve ir à delegacia prestar queixa, segundo o ator. "Por mim eu nem iria, não tenho nada a esconder, ando vestido na rua, mas a minha mulher quer entrar na justiça e saber quem vazou essas fotos", explicou.

As imagens vazadas mostram o casal posando sem roupa de frente para o espelho. Marilene, que é 36 anos mais nova que Stênio, está muito abalada. Segundo informações, a mulher não quer nem sair de casa.  

Alguns internautas chegaram a comparar as fotos de Stenio Garcia ao 7x1 do jogo da Alemanha e do Brasil na copa de 2014: "Difícil superar", dizia um dos tweets. Outros disseram que se arrependeram de ter clicado nas imagens. 

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia