Ex-namorada de Johnny Depp sai em defesa do ator: 'Ele nunca foi agressivo'

Winona Ryder, que se relacionou com o astro por quatro anos, garantiu que ele sempre foi amoroso e muito protetor

Por roberta.campos

EUA - A atriz Winona Ryder, que namorou Johnny Depp durante quatro anos na década de 1990, saiu em defesa do ator, acusado pela ex-mulher, Amber Heard, de ter sofrido agressão doméstica. Em entrevista a revista norte-americana "People", Winona garantiu que ela e Depp, com quem chegou a noivar, nunca tiveram uma relação abusiva.

Mulher de Johnny Depp aparece com olho roxo e acusa ator de violência

Johnny Depp e Winona Ryder namoraram por quatro anos nos anos 1990 e chegaram a ficar noivosDivulgação

A atriz contou que Depp não era agressivo e, pelo contrário, era muito protetor com quem amava. "Eu posso falar por minha própria experiência, bem diferente do que tem sido dito. Ele nunca foi abusivo comigo. Eu só conheço um lado dele bom, amoroso. Ele é uma pessoa que é muito protetora com quem ama", disse à revista. Na época do namoro, Johnny chegou a tatuar "Winona Forever" (Winona para sempre) em seu braço direito.

Amber surge machucada em novas imagens e acusa Johnny Depp

Sobre as acusações de agressão, Winona fez questão de frisar que não está chamando Amber de mentirosa. "Eu não estava lá. Eu não sei o que aconteceu e não estou chamando ninguém de mentiroso. Estou só dizendo que é difícil e perturbador para mim. Veja, ficamos juntos por quatro anos e foi uma grande relação para mim. Imagine se alguém que você namorou quando tinha 17 anos é acusado de violência doméstica? É chocante", lamentou.


Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia