Drica Moraes
Drica MoraesReprodução/Globo
Por iG
São Paulo - Drica Moraes, conhecida por seus trabalhos na Rede Globo, se posicionou contra o ato realizado no Rio de Janeiro, neste domingo, com a presença de Jair Bolsonaro (sem partido).
"Nada justifica a aglomeração de ontem. Uma afronta ao povo brasileiro. Milhares de manifestantes sem máscara, à risos largos, acelerando motocicletas ferozmente, frente à mais de 450 mil mortos por covid-19 no país. Estão comemorando o que com esse festejo público?", escreveu ela no Instagram, que comparou o evento a uma manifestação nazista.
Publicidade
Após o desabafo, a atriz publicou uma montagem. O registro apresenta Bolsonaro diante dos participantes do ato e, acima, o líder do nazismo Adolf Hitler sendo recebido por alemães.
Drica Moraes, assim como outros famosos, testou positivo para Covid-19 há algum tempo. Em dezembro de 2020, ela e seus filho, Mateus, contraíram o vírus. Em abril deste ano, ela falou sobre conviver com a doença: "Graças a Deus fiquei assintomática. E ele cuidava de mim o tempo todo. Ele realmente tomou para si responsabilidades de menino grande. Fiquei muito orgulhosa do Mateus", destacou ela, em entrevista ao Gshow.
Publicidade
Além de Drica Morais, famosos como Tatá Werneck, Ingrid Guimarães e Paolla Oliveira também se posicionaram contra o ato com a participação de Bolsonaro.