Caixa será responsável por seleção de empresas do Minha Casa, Minha Vida

Banco está mais próximo da realidade de locais onde serão os empreendimentos

Por felipe.martins , felipe.martins

Rio - A Caixa Econômica Federal será responsável pela seleção e contratação de propostas de financiamento da modalidade entidades do programa Minha Casa, Minha Vida. O Ministério das Cidades reeditou nesta sexta-feira portaria no Diário Oficial trocando quem administrará a seleção das empresas que vão participar do programa. Inicialmente, a Secretaria Nacional de Habitação, vinculada à pasta, era quem definia como seria a escolha das companhias que participam do programa habitacional.

Secretaria e Caixa vão apresentar proposta para ampliar em até 5 mil o limite de unidades em 2016Banco de imagens

De acordo com o ministério, a atribuição passa para a Caixa Econômica, pelo fato de o banco estar em contato mais próximo com a realidade dos locais onde serão executados os empreendimentos. O texto publicado no DO informa ainda que a Secretaria Nacional de Habitação, do ministério, e a Caixa Econômica vão apresentar uma proposta para ampliar em até 5 mil o limite de contratações de unidades habitacionais para 2016. Esta portaria foi publicada ainda pelo governo da presidente Dilma Rousseff e revogada pelo ministro das Cidades, Bruno Araújo.

6,2 MIL MORADIAS

Na nova portaria ficou mantida a relação das entidades que constavam na portaria 173 de 10 de maio de 2016 que podem responder pela construção de até 6.250 moradias. De acordo com titular da pasta, a portaria foi revogada para aprimoramento e elaboração de novos critérios técnicos tendo em vista a seleção e contratação de propostas.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia