Coluna do Servidor: Greve na saúde continua

Servidores afirmam ainda que houve retaliações a alguns funcionários por conta da greve

Por O Dia

Rio - Em assembleia realizada nesta quarta-feira, servidores da Saúde estadual decidiram manter a greve por tempo indeterminado. As categorias, incluindo médicos, enfermeiros, agentes de Vigilância Sanitária e outros, pedem o pagamento integral e imediato do décimo terceiro salário e o crédito dos vencimentos de dezembro.

Os servidores afirmam ainda que houve retaliações a alguns funcionários por conta da greve, e também incluíram na pauta da assembleia o fim das punições.


Últimas de Economia