Comércio faz campanhas para o Dia das Mães

Para quem vai presentear no domingo dia14, há opções como roupas, acessórios e calçados a partir de R$ 22,99

Por O Dia

Rio - O comércio varejista do Rio se prepara o Dia das Mães, no domingo dia 14, e já está com vários tipos de campanhas para atrair o consumidor. Para quem vai presentear, há opções como roupas, acessórios e calçados a partir de R$ 22,99.

Pensando no consumidor que não quer sair de casa, a Americanas.com desenvolveu site com sugestões de presentes. Lá, é possível encontrar quadro de vidro para lembranças de viagem por R$ 75,90. A Polishop promove a ação especial “Realize o que ela tanto deseja”. Será um mês com mais de 250 ofertas com produtos para as mulheres.

Lojistas do Rio se preparam para a segunda maior data comemorativa do comércio%3A o Dia das Mães Divulgação

A varejista Leader lançou a campanha “Para todo tipo de mãe, existe um presente Leader especial”. É possível encontrar blusa a partir de R$ 49,99 e sapato a R$69,99. A C&A reúne várias peças para a temporada. Na loja, vestido floral e saia saem cada um por R$69,99. A Renner traz opções que incluem roupas, acessórios e calçados, que podem ser encontradas nas lojas ou compradas pelo e-commerce. Há bijuterias a partir de R$ 22,90 e blusas Marfinno R$ 69,90.

Os shoppings do Rio preparam atrações para a data. O Américas Shopping, por exemplo, conta com atração que distribui brindes para quem fizer compras acima de R$ 50.  A cada R$100 em compras e mais R$9,90, as mães recebem uma pulseira e três berloques nos shoppings Nova América, Boulevard Rio e Nova Iguaçu. 

Nas Casas Bahia, a campanha incentiva a modalidade “Retira Fácil”, avisando que se comprar “agora” no site, o cliente retira no dia seguinte na loja escolhida. Já a Casa & Vídeo trabalha com ofertas de até R$100. O consumidor encontra Secador de Cabelo Portátil Easy Travel de R$ 59,99 por R$ 49,99 e cafeteira Single Colors de R$ 129,90 por R$ 69,99. Esses preços só valem para hoje.

Segundo o consultor de varejo Marco Quintarelli, as redes de varejo apostam em lembranças para presentear as mães. “O comércio acredita que as pessoas estão com pouco dinheiro para comprar. Vão investir em presentes que não ultrapassem R$100”, explica o consultor.

De acordo com o Centro de Estudos do Clube dos Diretores Lojistas do Rio (CDLRio), mais de 71% dos 500 comerciantes entrevistados esperam aumento de 1% nas vendas na data, a segunda mais lucrativa depois do depois do Natal.

Últimas de Economia