Campanha para contratação de PcDs

Ações começam hoje no Miécimo da Silva, em Campo Grande, e vão até 19 de setembro

Por Marina Cardoso

Para promover a inserção de PCDs e reabilitados do INSS no mercado de trabalho, a partir de hoje, o Estado do Rio começa uma campanha que percorrerá diversos municípios do estado para oferecer oportunidades de trabalho. Hoje, ocorre o primeiro Dia D com vagas de emprego, orientação profissional, seguro desemprego, através do Sine, além de emissão de carteira de trabalho, em parceria com a Superintendência Regional do Trabalho e departamentos de RHs. O evento acontece no Centro Esportivo Miécimo da Silva, em Campo Grande, na Zona Oeste do Rio, a partir das 9h. A campanha vai até o dia 19 de setembro.

A iniciativa é do Núcleo de Atendimento ao Deficiente (NEAD) da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Emprego e Relações Internacionais (SEDEERI). 

"O Dia D é uma das ferramentas mais importantes na empregabilidade da pessoa com deficiência. O Nead foi pensado para, além de intermediar vagas de emprego, esclarecer nas questões trabalhistas, beneficiarias e até mesmo capacitar para o mercado de trabalho. O Rio de Janeiro precisa desse olhar mais acolhedor quando se trata da pessoa com deficiência", explica Ana Asti, Subsecretária de Estado de Emprego e Renda.

OPORTUNIDADES

Nesta semana, a Secretaria Municipal de Desenvolvimento, Emprego e Inovação (SMDEI) está com cerca de 306 vagas de emprego para pessoas com deficiência e reabilitados do INSS. As vagas estão disponíveis em um de Centros Municipais de Trabalho e Emprego (CMTEs). Para se candidatar, basta levar CPF, carteira de trabalho e PIS.

A Oi oferece 20 vagas para pessoas com deficiência (PcD) para trabalhar como assistente administrativo ou assistente jurídico. As oportunidades estão espalhadas em sete capitais brasileiras, uma delas é para o Rio.

Para se inscrever, os interessados devem acessar a área de vagas no site da Oi (https://www.oi.com.br/oi/sobre-a-oi/gente/gente/quero-trabalhar-na-oi/) ou realizar pesquisa na internet com a frase "quero trabalhar na oi".

Comentários