Cilindros que traduzem economia

Além de menos poluente e de garantir maior autonomia, Gás Natural Veicular traz descontos no IPVA

Por O Dia

Rio,16/08/2019 -CENTRO-O Povo Fala, materia sobre GNV . Na foto,taxista, Dario Leal .Foto: Cléber Mendes/Agência O Dia
Rio,16/08/2019 -CENTRO-O Povo Fala, materia sobre GNV . Na foto,taxista, Dario Leal .Foto: Cléber Mendes/Agência O Dia -

GNV. Essa pequena sigla, bastante popular entre motoristas que rodam muitos quilômetros por dia, pode trazer um grande alívio ao bolso. O GNV, também conhecido como Gás Natural Veicular, é um tipo de combustível que tem se popularizado nos últimos anos. Além de ambientalmente menos nocivo do que gasolina e etanol, tem um custo/benefício bem mais vantajoso se comparado aos demais combustíveis.

Bianca Mascaro, diretora comercial da Naturgy, empresa responsável pela distribuição de gás no estado do Rio, conta que, além de mais limpo que os combustíveis líquidos, o GNV tem um rendimento consideravelmente mais alto. "Além de ser ambientalmente correto por ter menor nível de poluentes na sua queima, o GNV tem rendimento muito superior aos combustíveis líquidos", explica a executiva.

De acordo com estudos da companhia, um Fiat Siena com motor 1.4 litro ano 2015 consegue rodar, em média, 14 quilômetros com 1 m³ de gás natural veicular. Já com com um litro de etanol ou gasolina, essa autonomia média cai para 7 e 10 quilômetros, respectivamente.

Bastante popular entre motoristas de táxi e de aplicativos, o GNV também impressiona pela diferença no valor. Dario Leal começou há pouco tempo na praça, cerca de cinco meses, mas já descobriu que o gás natural é essencial para o trabalho

"Estou trabalhando nesse ramo há pouco tempo, mas já deu para perceber como o GNV é importante. Gasto aproximadamente R$ 70 por dia e rodo o dia inteiro no engarrafamento, com o ar ligado para conforto dos passageiros. Se fosse com gasolina, gastaria muito mais, o dobro ou talvez mais", compara o taxista

Atualmente, 19% da frota de veículos leves do estado utiliza GNV como principal forma de combustível. Os cerca de 1,4 milhão de automóveis ainda têm outra economia para por na ponta do lápis: no estado do Rio, carros equipados com GNV recebem um belo desconto no IPVA, e pagam apenas 1,5% de alíquota sobre o preço de mercado do automóvel, contra 4% dos veículos movidos a gasolina ou etanol. Isso pode representar um abatimento de 62,5% no valor da alíquota.

Roberto Passos tornou-se motorista de aplicativo há dois anos e ressalta, além da economia de combustível, o desconto no IPVA. "Ouso dizer que sem o GNV não existiria nem motorista de táxi e nem motorista de aplicativo no Rio. A diferença gritante entre o rendimento dos combustíveis é o que garante um conforto em casa. Além disso, o desconto no IPVA contribui para começar o ano mais aliviado", garante.

Para quem roda 150 quilômetros por dia, a economia é a curto prazo. Com o desconto no IPVA dado como incentivo a carros movidos a GNV e a autonomia maior do veículo, o investimento da conversão do automóvel retorna em menos de quatro meses. O site da Naturgy, inclusive, tem uma ferramenta que ajuda na hora de calcular quão econômico é o GNV em relação aos demais combustíveis.

No quesito segurança, Bianca Mascaro, da Naturgy, garante que tanto o combustível quando o processo de abastecimento são seguros, mas ressalta que o sistema também precisa de manutenção. "Assim como o carro, o sistema de GNV requer manutenção para garantir a segurança do sistema. A cada cinco anos deve ser feita uma avaliação no cilindro para saber se ele apresenta algum problema".

De fábrica

Ainda raro em alguns estados do Brasil, o gás natural veicular é comum em outros países, inclusive os europeus. Prova disso foi que a marca alemã Audi, no ano passado, trouxe um modelo com GNV instalado de fábrica para testar a aceitação no mercado brasileiro.

Por aqui, apenas a Fiat tem em seu portfólio um carro apto à instalação do kit GNV de fábrica,o Grand Siena Attractive 1.4, que custa a partir de R$ 54.990. Atualmente, o kit de 5ª geração minimiza os efeitos de adaptação no funcionamento dos outros carros. O dispositivo se comunica eletronicamente com a central do carro e evita situações de perda de potência.

Conversão facilitada

A instalação de um kit GNV é um investimento que pode, inclusive, ser parcelado na conta de gás residencial do interessado. A Naturgy Soluções tem uma parceria com oficinas especializadas em conversão que possibilita que o custo seja inserido mensalmente no boleto que chega na casa do cliente.

O parcelamento pode ser feito em até 24 vezes e vale para os kits de quinta geração. A lista de oficinas homologadas pode ser consultada no site https://naturgysolucoes.com.br/kit-gnv/ou pelo telefone (21) 4002-3983. Depois, basta ao interessado ia a uma dessas oficinas fazer o serviço com documentos que comprovem a titularidade da conta de gás domiciliar.

Comentários