Lembra dele? André 'Balada' revela: 'eu bebia, eu fumava e eu cheirava'

Atacante teve passagem por grandes clubes do futebol brasileiro

Por

André ao lado de Neymar
André ao lado de Neymar -

São Paulo - Fama, dinheiro e oportunidade em um dos grandes clubes do Brasil, apesar disso, o atacante André Neles não conseguiu suportar a pressão de um período no banco de reservas. Aos 41 anos, ele revelou em entrevista ao portal "UOL", que durante a sua passagem pelo Palmeiras, a sua vida se tornou um verdadeiro inferno.

"Foi o momento mais crítico da minha vida toda. Não só no profissional, mas também no lado pessoal. Porque eu bebia, eu fumava e eu cheirava pra tentar suprir aquele vazio. E o que era esse vazio? Jogar futebol. Era a única coisa que eu sabia fazer na vida. Eu não jogava futebol por dinheiro", afirmou.

Foi nessa época que ele ficou conhecido como "André Balada". Além do Verdão, o atacante passou pelo Atlético-MG, pelo Internacional e por outro clubes importantes do Brasil como: Ceará, Náutico, Fortaleza e o Figueirense. E foi na equipe catarinense que ele mudou de vida.

O goleiro Gustavo, companheiro do jogador em 2004, decidiu que era o momento de André dar um basta naquilo. Depois de muita insistência, conseguiu convencer o centroavante a conhecer a sua igreja. "O Gustavo falou: 'André, vamos na igreja comigo? Aí eu falei não: 'Não vou, eu não gosto de crente, não. Não vou mexer com isso, não. Igreja, não'. E eu corri do Gustavo umas quatro, cinco vezes. Eu não queria ir para a igreja de jeito nenhum. Até que um dia o Gustavo falou: 'Hoje você vai para a igreja comigo'. E eu falei: 'então, vamos para a igreja'", disse.

Comentários

Últimas de Esporte