Mais Lidas

Elias fala sobre 'fake news' envolvendo ex-companheiro de Seleção: 'Não sou preconceituoso'

Volante afirmou ter ganho processo na Justiça

Por O Dia

Elias
Elias -

Rio - Ex-jogador do Flamengo, o volante Elias, atualmente no Atlético-MG, foi vítima de uma "fake news" junto do lateral-direito Maicon, durante uma convocação da seleção brasileira. Na ocasião, Maicon foi cortado por Dunga e surgiu na Internet um boato de que o ocorrido teria sido motivado por um suposto “caso” entre as duas partes. O meia explicou a situação.

"Nós fomos numa festa que o Marcelo (lateral do Real Madrid) arrumou. Ele era muito amigo do rapper Drake. Daí, foi eu, o William (Chelsea), Neymar, Miranda, Felipe e o Gil. Estávamos todos juntos, sem o Maicon. Ficamos uma ou duas horas na festa e no outro dia iríamos fazer compras. Voltamos às seis horas da tarde para jantar, e cadê o Maicon?", disse em entrevista a "UOL TV".

Na época, os boatos foram disseminados através do perfil fake do jornalista denominado Leônidas Caravaz, da Rádio Pamplona, também inexistente. O texto viralizou, primeiramente, no Twitter e logo se espalhou. Com a repercussão da fake news, o atleta processou o perfil falso e o caso foi parar na Justiça.

"Acabou que ele (Maicon) não voltou e se reapresentou no outro dia. Quando se apresentou saiu o corte e colocaram o Fabinho. E, depois, algum fake inventou uma história, que todo mundo brinca comigo até hoje, e soltou na rede. Não tenho preconceito, mas não posso aceitar que mentiras sobre mim sejam divulgadas", disse.

De acordo com Elias, a causa levada ao tribunal foi ganha judicialmente. No total, de acordo com as notícias divulgadas, o atleta foi indenizado em R$ 40 mil por ser retratado de forma vexatória por um site humorístico.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários