Emerson Leão diz que não gostaria de dirigir Neymar: 'Não tem hierarquia'

Ex-jogador e técnico falou sobre o craque da seleção brasileira

Por O Dia

Emerson Leão
Emerson Leão -

Rio - O treinador Emerson Leão fez muitas críticas ao temperamento de Neymar. Presente no programa da Fox Sports, "Aqui com Benja", ele disse que não gostaria de treinar o craque, por conta do seu temperamento.

“Ainda bem que eu não sou (técnico dele), sinceramente. Porque eu acho que seria impossível dirigir o Neymar. O Neymar não tem hierarquia. Ele é um craque de bola, o Brasil precisa dele. Já precisou dele, e ele não correspondeu. Ele está com muita dificuldade dentro do campo e especialmente e principalmente fora do campo”, afirmou Leão.

De acordo com o técnico, Neymar está sofrendo um desgaste muito grande na imprensa por conta de atitudes incompatíveis para um profissional.

“Ele é estrela, ele é notícia negativa quase todos os dias. Eu acho que precisa reverter esse processo. Mas entendo também que a distância é quase irreversível. Nós gostaríamos de tentar fazer alguma coisa porque o Brasil precisa dele. Ele sabe de bola como ninguém. Mas acho que ele abusou do direito já e passou do limite”, completou.

Comentários