Ex-mulher acusa Ronaldinho de agressão e pede indenização por tempo de relacionamento

Jogador tinha relacionamento triplo até o fim do ano passado

Por O Dia

Priscilla (à esquerda) acusou Ronaldinho de agressão
Priscilla (à esquerda) acusou Ronaldinho de agressão -
Rio - O ex-jogador Ronaldinho Gaúcho teria sido acusado pela ex-esposa, Priscilla Coelho, de agressão. Ela, o pentacampeão e Beatriz Souza tiveram um relacionamento triplo e acabaram rompendo no fim do ano passado. De acordo com o programa ‘Fofocalizando’, do SBT, Priscilla entrou na Justiça contra ele pedindo 1/3 de todo o valor que o craque dos gramados ganhou de 2012 até 2018 (período em que teriam se relacionado).
Os outros 2/3 ficariam com o próprio Ronaldinho e a sua outra mulher, Beatriz Souza. Vale lembrar que os três faziam parte de um mesmo relacionamento desde 2016. Nas alegações do caso, Priscilla diz que parou de estudar e trabalhar em nome da relação com o ex-jogador.
A ex-esposa ainda acusa Ronaldinho Gaúcho de uma suposta agressão em dezembro de 2018. O pentacampeão teria empurrado Priscilla na rua do condomínio onde moravam, na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro.
De acordo com o programa do SBT, o patrimônio de Ronaldinho Gaúcho atualmente é de R$ 253 milhões. Priscilla Coelho pede parte deste valor referente à época em que ele atuou no Flamengo, Fluminense, Atlético MG e Querétaro (México).
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários