'Clube do vinho', Tiago Maranhão, torcedor demitido... relembre as tretas recentes de Mauro Cezar

Comentarista da ESPN tem se envolvido em diversas polêmicas recentemente

Por Lance

Mauro Cezar Pereira
Mauro Cezar Pereira -
Rio - O comentarista Mauro Cezar Pereira, da ESPN, tem se envolvido em algumas polêmicas nas últimas semanas. Mauro trocou farpas pelo Twitter com o comentarista Júnior, da Globo, o apresentador do SporTV Tiago Maranhão e com o técnico Abel Braga. Mas não são as únicas brigas virtuais em que o jornalista da ESPN participou nas redes. Ainda neste ano, Thiago Neves e o agente do Pedrinho, do Corinthians, também foram alvos de críticas do comentarista.

A lista de polêmicas em que Mauro Cezar participa, no entanto, é ainda mais longa. O jornalista já bateu boca com figuras como o técnico Vanderlei e tantos outros. O LANCE! relembra algumas "tretas" de Mauro.

Galeria de Fotos

No último sábado, Mauro teria respondido pelo Instagram Júnior, após o ex-lateral publicar uma foto bebendo vinho com amigos - em alusão ao "Clube do vinho". Na publicação, Júnior afirmou preferir "ser da Turma do vinho, do que da Turma dos sem caráter". Mauro rebateu a indireta e criticou ex-jogadores comentaristas, ética na profissão e espaço para críticas de repórteres. Na sexta, Abel disse, em entrevista ao Esporte Interativo, não se importar com o "clube do vinho", que seria como qualquer clube de amigos. Reprodução
Mais uma com o "clube do vinho". Ainda no sábado, Mauro se envolveu em polêmica com o apresentador Tiago Maranhão, do SporTV. Maranhão diferenciou jornalismo e representantes da torcida e Mauro respondeu a indireta. Se referindo pejorativamente a Maranhão como "menino". A briga virtual viralizou, gerou memes e até torcida na web. Reprodução
Em abril deste ano, a briga foi com Vanderlei Luxemburgo. O técnico do Vasco, na época sem clube, aproveitou a participação no programa 'Futebol na Veia' para alfinetar o comentarista. Luxa afirmou que Mauro 'bate nele o tempo todo' e que o acha ultrapassado. Mais tarde, no 'Linha de Passe', o jornalista rebateu todas as críticas feita pelo treinador. Reprodução
No ano passado, Mauro Cezar processou o jornalista Rica Perrone por ofensas em rede social. Na época, eles fizeram um acordo judicial, onde o blogueiro devia pedir desculpas dentro do prazo de 48 horas, além de não ter direito de apagar a publicação por 30 dias. Caso contrário, Rica teria que pagar uma multa de R$ 1 mil - ele ainda teve que pagar R$ 1,5 mil por honorários dos advogados do comentarista. Reprodução
Outra polêmica envolvendo Mauro Cezar na rede social aconteceu no início deste ano. Em março, um torcedor do Flamengo foi demitido do seu trabalho por proferir ofensas ao comentarista da ESPN através do Twitter. O rubro-negro Reginaldo Guilarducci trabalhava na ArcelorMittal, multinacional indiana que produz aço e que tem uma fábrica no interior de Minas Gerais. Mauro expôs o caso à empresa, que demitiu o funcionário. Reprodução
Mauro Cezar trocou farpas com o meio-campista Thiago Neves, do Cruzeiro. Após criticar o estilo de jogo do Cruzeiro, o jornalista foi chamado de "mongol" pelo jogador e rebateu dizendo que a fala do atleta era preconceituosa. Reprodução
O empresário do atacante Pedrinho, do Corinthians, foi mais um a discutir via rede social com o comentarista da ESPN. Tudo começou após o jornalista afirmar que o atacante só está no Brasil porque 'ninguém veio buscá-lo'. Will Dantas chamou o jornalista de 'babaca' e ainda disse para Mauro 'vomitar as palavras'. O comentarista não deixou barato e disse que o agente 'é uma figura constrangedora'. Reprodução
Mauro Cezar virou uma 'persona non grata' entre os botafoguenses. Após a vitória do Flamengo sobre o Botafogo por 3 a 2, pela 12ª rodada do Brasileirão, o jornalista rebateu as reclamações dos alvinegros e ressaltou que houve erros de arbitragem para os dois lados, o que irritou os alvinegros. Reprodução
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários