Conjunto brasileiro fatura o ouro na prova mista da ginástica rítmica do Pan

Em Lima, quinteto brilha ao som da música Alaska, do DJ Vegas, no último dia de competições da modalidade

Por O Dia

Meninas da ginástica rítmica do Brasil festejam a medalha de ouro
Meninas da ginástica rítmica do Brasil festejam a medalha de ouro -

Lima - Beatriz Silva, Camila Rossi, Deborah Medrado, Nicole Pircio e Vitória Guerra brilharam no Pan de Lima e fecharam o último dia da ginástica rítima dos Jogos com a medalha de ouro na prova mista (três arcos e dois pares de maças). Na final, o quinteto brasileiro foi quase perfeito ao som da música Akasha, do DJ Vegas, famoso na cena da música eletrônica brasileira e ganhou 24,250 pontos, seguido pelo México, que ficou com a prata, com 23,050, e Cuba, que levou o bronze, com 22,200.

"Todo esforço e todo trabalho estão sendo recompensados. Já estavam sendo com as outras medalhas de bronze. Fizemos essa série para nós mesmas. Conseguimos mostrar tudo que estamos treinando. Estamos muito felizes", festejou Deborah.

As brasileiras sonham agora com a vaga olímpica. A primeira chance é no Mundial de Baku, em setembro. Mas a expectativa é que o Brasil garanta a classificação no Campeonato Pan-Americano de 2020, ficando com a vaga continental para a Olimpíada de Tóquio.

Na final da fita, Bárbara Domingos, de 19 anos, conquistou a prata com 17.450 pontos, atrás da americana Evita Griskenas, 17,950. A mexicana Karla Diaz completou o pódio, com 16,200 pontos.

 

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários