Justiça bloqueia R$ 82 mil de Romário por conta de derrota em ação para Dunga

Segundo o capitão do tetra, a dívida chega a quase R$ 108 mil

Por O Dia

Romário
Romário -
Rio - A Justiça decidiu bloquear R$ 82 mil reais da conta do ex-jogador Romário. A decisão foi tomada para custear o processo movido por Dunga alegando danos morais, perdido pelo Baixinho. Os valores totais do processo chegariam a R$ 93 mil reais.
No entanto, a defesa do capitão do tetra alega que a dívida, com juros e correções, já chegou a casa dos R$ 108 mil.
"Estamos aguardando o recebimento dessa quantia em juízo [R$ 82,3 mil] e vamos buscar a penhora dos valores restantes", disse Diogo Souza, advogado de Dunga, ao portal "UOL".
Já o advogado de Romário, Luiz Sérgio Vasconcelos Júnior, irá contestar o bloqueio.
Dunga e Romário não falam a mesma língua desde 2015. Na época, o artilheiro deu uma entrevista à "Gazzeta dello Sport" dando a entender que tinham "interesses por trás" nas convocações de Dunga, que estava à frente da seleção brasileira naquela época.
 
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários