Apresentador do SporTV se solidariza com demissões na ESPN: 'Somos uma categoria'

Emissora desligou 11 jornalistas na última quarta-feira

Por O Dia

Marcelo Barreto criticou o Flamengo
Marcelo Barreto criticou o Flamengo -
Rio - Marcelo Barreto abriu o "Seleção" desta quinta-feira manifestando seu apoio aos jornalistas demitidos da ESPN.  O apresentador do SporTV rechaçou qualquer tipo de rivalidade entre os colegas e desejou boa sorte aos profissionais que foram desligados da emissora paulista.
"Quero abrir o programa falando aqui sobre os colegas que perderam os empregos na ESPN Brasil. O pessoal acha que existe uma rivalidade, mas antes somos colegas, somos uma categoria dos jornalistas. Já tivemos demissões aqui e em outros lugares outras vezes. Quero deixar aqui uma mensagem de solidariedade para quem perdeu emprego. Não quero dizer nomes, mas vou citar uma grande referência como o Juca, um cara muito especial. A todos nossa solidariedade. Em breve vocês estarão se recolocando no mercado", disse Barreto.
A ESPN decidiu desligar na última quarta-feira 11 funcionários. Os comentaristas Arnaldo Ribeiro, Claudio Arreguy, Eduardo Tironi, Juca Kfouri, Maurício Barros e Rafael Oliveira, o vice-presidente de jornalismo João Palomino, a gerente de produção Renata Netto, a diretora de arte Stela Spironelli e o editor-chefe do canal e o do "Bola da Vez" Guilherme Graziano foram demitidos. O apresentador João "Canalha" e Juca Kfouri não tiveram seus vínculos renovados.
 
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários