Fogão quer dar volta por cima em Salvador

Sem vencer há duas rodadas, time terá quatro desfalques para pegar o Bahia

Por

Em busca da reabilitação no Campeonato Brasileiro após duas rodadas sem vencer, o Botafogo terá quatro desfalques para enfrentar o Bahia, hoje, às 21h30, na Fonte Nova. O zagueiro Carli e o volante Alex Santana, lesionados, estão fora, assim como o lateral-direito Fernando e o atacante Luiz Fernando, suspensos pelo terceiro cartão amarelo.

O volante João Paulo vê o Bahia como um adversário direto na tabela de classificação — tem 31 pontos, quatro à frente do Alvinegro. "Estamos fazendo cada jogo como uma final. O Bahia hoje é um adversário que está na nossa frente, então temos que fazer o máximo para diminuir essa vantagem. É um grande jogo, um confronto direto, sim".

O técnico Eduardo Barroca vai usar Marcinho como lateral, na vaga de Fernando. No meio, a tendência é que mantenha Bochecha e, na frente, escale Victor Rangel e Pimpão (ou Leo Valencia) ao lado de Diego Souza, que volta à equipe.

O atacante não jogou contra o São Paulo, na derrota por 2 a 1, por uma questão contratual. Também correm por fora o volante Alan Santos e o atacante Lucas Campos. Victor Rangel, que substituiu Diego Souza no sábado, deve ser mantido. Victor também conversou com a imprensa antes do treinamento de ontem, que foi fechado por Eduardo Barroca.

Ele se colocou à disposição para formar a dupla de ataque hoje à noite. "Acredito que sim (possa jogar com Diego Souza), mas essa decisão eu deixo para o professor. Se tiver a oportunidade de jogar com ele, tomara que a gente consiga fazer o melhor".

João Paulo espera muita dificuldade em Salvador. "Eles perderam o último jogo fora de casa, então acredito que vão tentar ser mais agressivos em busca da vitória, mas a gente também tem nossa estratégia", afirmou o volante.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários