Arthur sonha com primeiro gol pela seleção brasileira

Em Singapura para o amistoso desta quinta-feira com Senegal, meia do Barcelona revela cobrança para ser mais ofensivo

Por O Dia

Gabigol treina com a Seleção em Singapura: em ótima fase, ele é o artilheiro do Brasileiro, com 18 gols
Gabigol treina com a Seleção em Singapura: em ótima fase, ele é o artilheiro do Brasileiro, com 18 gols -
Singapura - Com 16 partidas pela Seleção e status de titular no time do técnico, o meia Arthur, do Barcelona, ainda persegue seu primeiro gol com a camisa do Brasil. Amanhã, às 9h (de Brasília), ele terá nova chance, no amistoso diante de Senegal, em Singapura.
"Estou me sentindo melhor na questão física, mais confiante. Era cobrado para chegar na frente. Estou me cobrando mais isso, arriscar mais, gols. Estou ansioso por isso. Trabalhando duro, dando máximo para conseguir o gol o mais rápido possível", afirmou Arthur.
Arthur também recordou os dois confrontos que teve diante do atacante Sadio Mané, astro do Liverpool, e seu rival no amistoso de amanhã e lembrou que, na missão de conter o adversário, a Seleção conta com "os melhores zagueiros do mundo", ajudados pelos laterais na marcação.
Para o amistoso de amanhã diante do Senegal, a Seleção deve ser quase a mesma que derrotou o Peru na final da Copa América, com as trocas de Everton Cebolinha por Neymar e Ederson por Alisson. Neymar não disputou o torneio no Brasil por conta de uma torção de tornozelo direito na preparação para a competição. Já Alisson não foi convocado para os amistosos contra Senegal e Nigéria, no domingo, por conta de lesão em jogos do Liverpool.
Já o goleiro Santos, campeão da Copa do Brasil pelo Athletico-PR há um mês, festeja sua primeira convocação para a Seleção aos 29 anos. Ele revelou se inspirar em Dida e em Taffarel, treinador de goleiros. "Esse 'sai que é sua Taffarel' é emblemático. Todo moleque já ouviu isso. Ele é referência para todos. É um cara que com certeza é exemplo para toda a molecada. Ele teve no Athletico há um tempo, só cumprimentei. Ele disse que já estava doido para trabalhar, para treinar. Tenho como espelho, referência, gente desse nível, dele, do Dida", afirmou Santos.
SELEÇÃO INVICTA
A técnica sueca Pia Sundhage segue invicta no comando da seleção brasileira feminina de futebol, que venceu ontem a Polônia por 3 a 1, em Kielce, com gols de Formiga, Tamires e Debinha. Foi o quarto amistoso desde a chegada da treinadora. Bicampeã olímpica com os Estados Unidos (Pequim-2008 e Londres-2012) e prata com a Suécia na Rio-2016, Pia Sundhage segue observando jogadoras para a preparação do grupo rumo à Olimpíada de Tóquio (2020).
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários