Vascão mostra seu poder de fogo

Boa fase do ataque é arma para bater o Goiás em São Januário

Por

O torcedor pode preparar a garganta para gritar gol amanhã, contra o Goiás, às 19h30, em São Januário, pelo Brasileiro. Pelo menos no retrospecto recente, o Vasco tem mostrado que balançar a rede não é problema. Nos últimos dois jogos, contra CSA e Flamengo, o time do técnico Vanderlei Luxemburgo marcou sete gols. Foram três marcados contra o CSA (3 a 0) e outros quatro no clássico contra o Rubro-Negro (4 a 4).

A mudança é parte de um processo que fez a equipe se tornar mais segura ao longo do tempo, e, pouco a pouco, mais ofensiva. Números do site 'Footstats' mostram que nos dois últimos jogos, o Vasco chutou seis bolas na direção do gol, além de três para fora contra o Flamengo e uma longe do gol da equipe alagoana. A eficiência aumentou. Antes, o time chutava no máximo três vezes em direção ao gol — foi assim em cinco jogos.

O Vasco tem o que comemorar e o que lamentar para o jogo de amanhã. De positivo, Luxa terá a volta de Leandro Castán na defesa, após cumprir suspensão. Em compensação, Pikachu, suspenso, não joga. O paraguaio Raul Cáceres deve ser o lateral-direito.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários