Cícero e Diego Souza devem sair

Por

Reforços badalados do Botafogo para a temporada, o volante Cícero e o atacante Diego Souza podem não ter vida longa em General Severiano. Contratados até o fim do ano, eles assinaram mediante cláusula de renovação até 2021, mas, em função do fraco desempenho, a diretoria deverá tentar um desligamento amigável.

Cícero é um dos mais criticados pela torcida, que não entende o motivo de ser titular. Já Diego Souza, que chegou com festa, perdeu prestígio e foi parar no banco de reservas após a volta de Alberto Valentim.

O atacante pertence ao São Paulo até dezembro e, ao que tudo indicia, não faz parte dos planos do clube do Morumbi para 2020. Se realmente não ficar no Botafogo, o Sport, que acabou de garantir o retorno à Série A, poderá ser o destino.

Ainda muito ameaçado pelo rebaixamento no Brasileiro, o Glorioso segue a preparação para enfrentar o Corinthians, domingo, no Nilton Santos. Valentim poderá ter o retorno do goleiro Gatito Fernández, que estava com a seleção paraguaia, e do lateral-esquerdo Yuri, que cumpriu suspensão. Recuperado de lesão, o zagueiro Marcelo Benevenuto deve substituir Carli, suspenso.

Comentários