Presidente do Brescia utiliza tom racista ao falar de Balotelli: 'Está trabalhando para clarear'

Frase foi dita abertamente minutos antes da coletiva de imprensa

Por O Dia

Balotelli é vitima de injurias raciais
Balotelli é vitima de injurias raciais -
Rio - Mario Balotelli foi vítima, mais uma vez, de racismo na Itália. Desta vez, o autor do episódio lamentável foi o presidente do Brescia, clube que o jogador defende atualmente. Massimo Cellino falou com um tom irônico sobre a cor de pele do atacante. 
"É negro, está trabalhando para clarear, mas está com dificuldade.", disse. A frase foi dita para a imprensa presente antes do início da entrevista coletiva. O dono e mandatário do clube, ainda afirmou que Balotelli não é "bode expiatório" para a situação difícil que vive a equipe italiana. Veja o momento:
"Eu aceitei (contratação do jogador) porque considerava um valor agregado, ele deve dar respostas em campo, não nas mídias sociais. Mas ele não é o bode expiatório para a difícil situação do Brescia".
No início deste mês, o jogador foi alvo de insultos racistas por parte da torcida do Hellas Verona. Na ocasião, o atacante marcou um gol e encarou a arquibancada adversária, após chutar uma bola na direção deles.

Comentários