Teixeira é banido do futebol

Punido pela Fifa, ex-presidente da CBF leva multa em R$ 4,2 milhões

Por

Ex-presidente da CBF, Ricardo Teixeira foi banido, pela Fifa, de qualquer atividade ligada ao futebol. A Câmara Decisória do Comitê de Ética da entidade o considerou culpado de crimes de suborno e de corrupção. Genro do ex-presidente da Fifa João Havelange, Teixeira ainda foi multado em um milhão de francos suíços (cerca de R$ 4,2 milhões) por receber propina de empresas em troca da venda preferencial de direitos de TV e marketing de competições organizadas pela CBF, Conmebol e Concacaf.

Membro do Comitê Executivo da Fifa, Teixeira foi presidente da CBF de 1989 a 2012. A investigação aberta contra ele pela Comissão de Ética da Fifa detalha "diversos esquemas de corrupção essencialmente praticados durante o período 2006-2012". O advogado de Ricardo Teixeira, Michel Assef Filho, declarou que vai recorrer da decisão ao Comitê de Apelação da própria Fifa.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários