Na abertura do Campeonato Carioca, técnicos revelam seus hábitos no Rio

Abel, Valentim, Zé Ricardo e Diniz já sentiram o gostinho de serem campeões estaduais

Por ANA CARLA GOMES, Hugo Perruso e Marcelo Bertoldo

Alberto Valentim
Alberto Valentim -

Rio - Dois cariocas da Zona Norte — Abel Braga, do Flamengo, e Zé Ricardo, do Botafogo, — e dois mineiros — Alberto Valentim, do Vasco, e Fernando Diniz, do Fluminense — comandam os quatro maiores clubes do Rio no Estadual. Todos já sentiram o gostinho de serem campeões cariocas, seja como técnico ou como jogador. A convite do Ataque, elegeram momentos marcantes do campeonato e revelaram o que mais gostam de fazer na cidade.

1. Qual jogo de Campeonato Carioca marcou você?

2. Qual é seu lugar favorito no Rio? E por quê?

3. Qual é a comida que você gosta que tem a cara do Rio?

4. Tem algum passeio na cidade ou no estado que você recomenda ou gostaria de fazer?

5. Qual o hábito carioca que faz parte da sua rotina?

6. O que representa disputar o Campeonato Carioca hoje em dia?

ABEL BRAGA - Flamengo

1. Foi um 0 a 0, uma decisão no Maracanã, ainda como jogador, em um Vasco e Flamengo. Foi o que mais me marcou porque tinham 160 mil pessoas no estádio, uma coisa de maluco, um monte de gente gritando e nunca tinha jogado para tanta gente.

2. O melhor lugar no Rio de Janeiro é o Leblon, porque tem tudo, todas as opções, e você faz tudo a pé, não precisa pegar carro pra nada. É o lugar santo do Rio.

3. Não sei se tem bem a cara do Rio, mas, como sou carnívoro, o que mais gosto na cidade são as churrascarias e os restaurantes de carne.

4. Eu recomendo às pessoas visitar a Serra. Eu inclusive prefiro, até por morar ao lado da praia. O verde, as montanhas... Isso me fascina. Nós temos lugares fantásticos, como Itaipava, Petrópolis, Teresópolis, Nova Friburgo... Todo carioca deveria conhecer.

5. A rotina do carioca hoje, infelizmente, é a da preocupação, de você estar dirigindo e, em qualquer sinal que você pare, ficar naquela tensão muito grande de olhar nos retrovisores, para a frente, para o lado, para o outro, achando que pode acontecer alguma coisa. E não é esse Rio de Janeiro que a gente quer.

6. O campeonato do Rio é charmoso, conta com quatro grandes clubes, há sempre uma beleza diferente nos clássicos. É muito legal de jogar, tem uma representatividade enorme para o torcedor. E não é só o amor ao clube, tem sempre aquelas brincadeiras com o time rival. Por isso, os Estaduais ainda são fundamentais, apesar de achar que têm que ser mais enxuto, para os times terem mais tempo para treinar.

ALBERTO VALENTIM, Vasco

1. Foi o jogo contra o Flamengo (2018). Quando cheguei ao Bota, o clube estava com o moral muito abaixo. Tinha acabado de ser eliminado precocemente da Copa do Brasil e também havia tomado porrada de 3 a 1 para o próprio Flamengo. Uma das coisas que conversamos no vestiário, eu disse que nos encontraríamos com o Flamengo novamente e o tiraríamos do Campeonato Carioca. E assim foi feito. Um grande jogo que fizemos e da jogada de Lindoso e Marcinho surgiu o gol do Luiz Fernando e eliminamos o Flamengo.

2. Tenho pouco tempo para sair, mas procuro frequentar bons restaurantes, gosto de beber cerveja em um barzinho. A praia, sempre que posso, vou dar minhas corridas. São os lugares que gosto no Rio.

3. Comida que acho que combina com o Rio, gosto de ir a dois lugares. Gosto muito de carne. Adoro churrascaria e restaurante japonês. São as comidas que mais gosto.

4. Depois que voltei ao Rio não tive a chance de ir ao Cristo Redentor e quero ir o mais rápido possível. É o lugar que falta e quero mais ir na capital da cidade.

5. O hábito do carioca faz parte da minha rotina. Sempre que posso, corro. Adoro correr na praia, na areia, no calçadão. Aproveito essa paisagem linda, o que o Rio oferece que é fazer exercícios ao ar livre na paisagem mais bonita do mundo.

6. O Carioca é muito importante, pela nossa cultura e charme da competição de clássicos e Maracanã cheio na semifinais, finais. É muito importante e quero aproveitar ao máximo.

ZÉ RICARDO, Botafogo

1. Vi muitos jogos importantes e emocionantes em diversos campeonatos, mas a final do campeonato de 2017 foi marcante, pois foi o meu primeiro Estadual e, com dez meses de profissional, chegar ao título foi muito marcante para mim.

2. O Rio tem lugares belíssimos, mas gosto muito da Lagoa Rodrigo de Freitas. Um local de uma beleza natural muito grande, democrático e inspirador. Ótimo para uma boa caminhada e corrida também.

3. Ah, um prato com a cara do Rio e que gosto muito é o tradicional feijão, arroz, bife e fritas.

4. O Corcovado é sensacional.

5. Uma boa corrida/caminhada na orla da praia e um cinema com a família no fim de tarde.

6. Sempre uma emoção enorme. Nasci e cresci em uma vila bem pertinho do estádio do Maracanã e acompanhei como torcedor muitos Estaduais. Hoje, podendo disputar essa competição tradicional e charmosa é um motivo de orgulho e também um grande prazer para mim.

FERNANDO DINIZ, Fluminense

1. Para mim, foi a conquista do título de 2002. Fluminense x Americano. Formamos um time de grandes amigos e por pouco não conquistamos um Brasileirão. Ficamos na semi por dois anos consecutivos, 2001 e 2002.

2. Eu gosto da praia da Barra. Morei ali na minha primeira passagem pelo Fluminense.

3. Carnes variadas em boas churrascarias.

4. Gosto muito da vista do Cristo e do Pão de Açúcar.

5. Quando posso, dar uma corrida à beira-mar.

6. O Campeonato Carioca representa muito, não só pela sua história, mas pela rivalidade que está no coração do campeonato, que é acompanhado pelo mundo.

Galeria de Fotos

Alberto Valentim Rafael Ribeiro/Vasco
Treino Flamengo Alexandre Vidal / Flamengo
Ze Ricardo.Fluminense x Botafogo pelo Campeonato Brasileiro no Estadio Maracana. 09 de Setembro de 2018, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. Foto: Vitor Silva/SSPress/Botafogo. VITOR SILVA/BOTAFOGO
Rio de Janeiro, RJ - Brasil - 05/01/2019 - CTPA - Marcio Araujo, Fernando Dinize Leo Percovich Pr Mailson Santana/Fluminense

Comentários