Indio da Costa tem candidatura oficalizada

Deputado disputará governo do Rio pelo PSD, e enfatiza temas como segurança

Por

O Partido Social Democrático (PSD) oficializou ontem a candidatura de Indio da Costa ao Governo do Estado. A convenção partidária realizada no Club Municipal, na Tijuca, Zona Norte do Rio, reuniu apoiadores do candidato, entre militantes do partido e os candidatos do partido a deputados.

O discurso de Indio foi focado especialmente na área de Segurança: "Nosso carro-chefe é aquilo que vai garantir nossa vida. Sem segurança pública não tem hospital que atenda, escola que ensine". Ele também enfatizou os confrontos entre policiais e bandidos. "Quem tá com fuzil na mão sem farda e distintivo, escolheu matar gente de bem, entrar na guerra, matar ou morrer, tenha ele a idade que for. Então, que sofra as consequências", declarou.

Em entrevista após o evento, ele falou em otimismo sobre as pesquisas de intenção de voto, já que afirmou ser pouco conhecido entre os eleitores. "Acho extraordinário. Só 25% me conhecem bem, 50% nunca ouviu falar em Indio. Tenho um potencial de crescimento. Nas pesquisas, tenho estado em 4º lugar, em torno de 10% das intenções. Nas últimas eleições, comecei com 1% e saí com 9%. Agora começando com 10%, com quanto posso sair?".

Ele também adiantou que pretende continuar com o estilo de marketing eleitoral que usou na campanha à Prefeitura, quando usou um jingle em ritmo de funk ('Acabou o caô, o Índio chegou'): "Minha diversão é ir pra rua falar com as pessoas. Isso me dá uma sensibilidade diferente de quem fica no ar condicionado fazendo evento político. Será uma campanha de comunicação direta com a sociedade".

No evento, também foram oficializadas as candidaturas a deputado de Andreia Zito, Arolde de Oliveira, Alexandre Cardoso, Alexandre Serfiotis, Felipe Peixoto, Flordelis, Hugo Leal, entre outros. Nos discursos, um dos temas mais recorrentes foi o das alianças e coligações. "Vamos vencer com a ajuda de vocês"; "Nossa coligação é com o povo" e "Antes só do que mau acompanhados" foram algumas das máximas.

Comentários

Últimas de Mundo & Ciência