A verdadeira história dos idosos que fugiram de um asilo para curtir festival de rock na Alemanha

A história que era boa demais pra ser verdade

Por O Dia

Festival Wacken Open Air acontece anualmente, desde 1990
Festival Wacken Open Air acontece anualmente, desde 1990 -

Rio - Parecia a grande história do verão europeu: dois idosos escapam de um asilo na Alemanha para curtir o Wacken Open Air, considerado o maior festival de heavy metal do mundo. Mas, de acordo com novas informações, divulgadas pela emissora alemã Deutsche Welle, não foi bem assim que aconteceu.

Após um comunicado emitido pela polícia local no último sábado (4), a notícia correu o mundo e transformou os idosos em verdadeiros heróis para os fãs de heavy metal, que chegaram até mesmo a questionar a polícia nas redes sociais - afinal, eles só estavam se divertindo. "Eles obviamente gostaram do festival de metal", disse o porta-voz da polícia local à emissora alemã Norddeutscher Rundfunk.

O problema é que o comunicado original estava impreciso. De acordo com novo comunicado, feito à emissora pública alemã NDR, os dois homens - de 58 e 59 anos - nunca estiveram no festival, e sim em uma festa na cidade de Wacken, e ambos têm problemas mentais. Eles não fugiram de um asilo, e sim de um abrigo destinado a pessoas que precisam de cuidados especiais.

"Eles têm problemas mentais. Ambos foram para Wacken [a cidade] para fazer festa e também consumiram álcool", disse um porta-voz da polícia local à NDR.

Após alerta do abrigo, a polícia os encontrou em um ponto de ônibus, na estrada principal de Wacken, às 3 horas da madrugada. Então, eles receberam atendimento médico de uma tenda montada especialmente para o festival e voltaram ao abrigo em um taxi, escoltados pela polícia.

 

Últimas de Mundo & Ciência