Governo britânico acusa Putin

a

Por

O governo britânico acusou o presidente russo Vladimir Putin de ser o responsável em última instância pelo envenenamento do ex-espião russo, Sergei Skripal, de 67 anos, e de sua filha, Yulia, 33. Ambos sobreviveram após internação que durou semanas.

O Ministério Público britânico anunciou que possui evidências suficientes para indiciar dois cidadãos russos pelo crime, identificados como Alexander Petrov e Ruslan Boshirov. Segundo o órgão de justiça britânico, seus passaportes seriam falsos.

O Kremilin negou a acusação e a chamou de "inaceitável". Em reunião de urgência do Conselho de Segurança da ONU, solicitada pelo governo britânico e apoiada pelos líderes de Estados Unidos, Canadá, França e Alemanha, o embaixador russo Vassily Nebenzia acusou Londres de apresentar "um coquetel de mentiras sem fundamentos".

 

Comentários

Últimas de Mundo & Ciência