Mais Lidas

Acidente de trânsito que matou 20 pessoas nos EUA é o mais grave desde 2009

Limousine transportava um grupo de casamento no momento do acidente. Duas pessoas morreram atropeladas

Por O Dia

Vinte pessoas morreram em acidente envolvendo limusine, em Nova York
Vinte pessoas morreram em acidente envolvendo limusine, em Nova York -

Nova York - O acidente de trânsito que terminou com vinte pessoas mortas, na noite deste sábado, em Nova York, nos Estados Unidos, é o mais grave desde 2009, segundo a agência federal de segurança no transporte. Segundo a mídia local, uma limusine despencou de uma colina com 18 pessoas dentro do automóvel, e atropelou outras duas que estavam em um comércio, antes de bater no estacionamento do local.  

Segundo a polícia local, o motorista da limusine não parou em um interseção em "T", onde a velocidade é limitada a 25 km/h, e cruzou a interseção. O veículo bateu no estacionamento da Apple Barrel Country Store, um comércio muito movimentado nesta região. No acidente morreram o motorista, os 17 passageiros da limusine e dois pedestres atropelados pelo veículo.

Todos os falecidos são adultos, mas as autoridades não deram precisões sobre sua identidade. Os corpos estão sendo objeto de autópsias no hospital de Albany, a capital do estado de Nova York, situada a cerca de 50 km do local do acidente.

"Vinte mortos, é horrível", declarou Robert Sumwalt, presidente da agência federal de segurança no transporte dos Estados Unidos (NTSB), que chegou ao local acompanhado por uma equipe de investigadores.

Assim como Fiore, Sunwalt se negou a especular sobre as causas do acidente e ressaltou que "a investigação está apenas começando".

Segundo vários meios de comunicação, a limusine transportava um grupo de convidados para um casamento. Segundo o New York Times, havia membros de uma mesma família no veículo, entre eles os irmãos Axel e Rich Steenburg, de 29 e 34 anos, e a esposa de Axel, Amy.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia