Furacão Michael ganha força e deve chegar hoje à Flórida

Governador da Flórida, Rick Scott, advertiu para a gravidade do quadro e pediu que a população em risco deixe suas casas. Há 57 mil residências com risco de estragos, com um custo de reconstrução estimado de US$ 13,4 bilhões

Por ESTADÃO CONTEÚDO

Furacão Michael atingiu a categoria 4 nesta quarta-feira
Furacão Michael atingiu a categoria 4 nesta quarta-feira -

EUA - O furacão Michael ganhou mais força e chegou à categoria 4, nesta quarta-feira, enquanto passa pelo Golfo do México e se dirige à Flórida, onde deve causar fortes chuvas e possíveis inundações perigosas.

O Centro Nacional de Furacões afirma que o fenômeno é "extremamente perigoso" e que ele deve chegar à região conhecida como Panhandle, na Flórida, nesta quarta-feira. Atualmente, ele tem ventos máximos sustentados de 225 quilômetros por hora, com rajadas ainda mais violentas, e deve se fortalecer um pouco mais antes de chegar à terra.

O governador da Flórida, Rick Scott, advertiu para a gravidade do quadro e pediu que a população em risco deixe suas casas. Há 57 mil residências com risco de estragos, com um custo de reconstrução estimado de US$ 13,4 bilhões, segundo a CoreLogic, companhia do setor de dados imobiliários.

Cerca de 40% da produção de petróleo offshore no Golfo do México foi paralisada por causa do furacão, segundo estimativas oficiais dos EUA. Isso afeta quase 6% da produção de petróleo dos EUA.

Últimas de Mundo & Ciência