Kim se encontra com Putin e acusa Trump de 'má fé' na cúpula de Hanói

Líder norte-coreano se encontrou pela primeira vez com o presidente russo, em Vladivostok

Por AFP

Presidente russo Vladimir Putin recebe o líder norte-coreano Kim Jong Un
Presidente russo Vladimir Putin recebe o líder norte-coreano Kim Jong Un -

Seul - O líder norte-coreano, Kim Jong Un, considera que os Estados Unidos agiram de "má fé" durante sua cúpula com o presidente Donald Trump em Hanói, em fevereiro, e que a situação na península coreana atingiu "um ponto crítico", revelou nesta sexta-feira a agência oficial KCNA.

Kim realizou tais comentários durante sua primeira cúpula com o presidente russo, Vladimir Putin, na quinta-feira em Vladivostok, um encontro que qualificou de "aberto e amistoso".

Segundo a KCNA, Kim convidou Putin a visitar a Coreia do Norte "em um momento oportuno", e o "convite foi aceito de bom grado" pelo líder russo.

 

Comentários